Ingerir líquido durante as refeições faz mal: veja se é mito ou verdade

Será que beber enquanto come faz mal? Veja dicas de uma nutricionista que explica como funciona o organismo no momento das refeições!

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/05/2016 às 09:00
Atualizado às 21:03

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Afirmar que beber líquidos durante as refeições engorda ou aumenta a barriga é um mito. O que acontece é que o excesso de líquido, misturado aos alimentos, pode dilatar o estômago, provocando uma sensação de inchaço abdominal o que, muitas vezes, é confundido com o aumento da barriga.

Beber líquido durante as refeições faz mal: veja se é mito ou verdade

Shutterstock

Se você cultiva sempre esse hábito em todas as refeições, o seu estômago sofre essa dilatação e se torna mais elástico. Quando o estômago está dilatado, manda uma mensagem ao cérebro avisando que ainda existem espaços vazios para serem preenchidos, então, você não se sente saciado e consome mais alimentos do que normalmente seria necessário.

Veja também

Sucos naturais desincham e regulam o organismo

Água de berinjela e água de gengibre melhoram a saúde

Consequências de beber líquidos durante as refeições

Esse aumento é que ocasionará o ganho de peso e, consequentemente, poderá contribuir para o aumento da gordura abdominal. Também ao beber algum líquido, o suco gástrico fica mais diluído e retarda a digestão dos carboidratos e das proteínas aumentando a fermentação, que pode gerar gases e arrotos. Para as pessoas que não conseguem abandonar esse hábito, o tipo de líquido ingerido também é importante, os refrigerantes são mais prejudiciais, pois possuem gases que dilatam ainda mais o estômago.

Nesse caso, o recomendado é que você beba água ou um suco de frutas natural. O maior problema está na quantidade ingerida. Apesar de ser importantíssimo beber bastante líquido durante o dia (cerca de 2 litros), o ideal é que não sejam ingeridos em grande quantidade durante as refeições.

Texto: Vivian Goldberger, nutricionista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.