AVC: 6 passos para o paciente se recuperar de um derrame

O AVC é um problema que pode gerar sequelas ao paciente. Por isso, seguir alguns passos é essencial na hora de se recuperar e garantir qualidade de vida.

None
Os cuidados após um AVC envolvem dedicação do paciente e ajuda profissional. Foto Reprodução

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/05/2017 às 09:21
Atualizado às 13:47

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

As pessoas que sofreram um acidente vascular cerebral (AVC), tanto isquêmico quanto hemorrágico, na maioria dos casos, precisam conviver com as sequelas deixadas pela doença. Deficiências na parte motora, dificuldade para falar, déficit sensitivo, alterações no comportamento, problemas na visão e na audição e até mesmo depressão, podem ser identificados em pacientes que apresentam esse quadro clínico. “Já o tempo de recuperação dependerá da extensão da lesão, da área que foi afetada e do tempo que a pessoa levou para ser atendida”, afirma o neurologista José Luís Maida Júnior. Dessa forma, o diagnóstico preciso irá auxiliar na identificação do estado do paciente e nas melhores formas para tratá-lo.

Um passo de cada vez

O processo de recuperação pós-AVC consiste em um trabalho para fazer com o paciente restabeleça, aos poucos, as funções perdidas depois do episódio. Por isso, é extremamente importante deixar claro para a pessoa que a reabilitação não acontecerá do dia para a noite e que o esforço e a paciência farão a diferença em cada caso. Pensando nisso, o neurologista listou algumas medidas que irão auxiliar nesse processo. Que tal conferir?

Consultoria José Luís Maida Júnior, neurologista

LEIA TAMBÉM:

TAGSAVC

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.