ESTILO DE VIDA

Assado, frito, cru ou cozido? Qual a melhor opção para os alimentos?

Assado, frito, cru ou cozido? Qual a melhor forma de preparar os alimentos? Confira os benefícios de cada forma de preparo em alguns alimentos!

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/10/2016 às 08:25
Atualizado às 20:55

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Frutas, verduras, peixes e legumes são importantes para a saúde. Disso, ninguém duvida. Porém, esses alimentos podem ter mais ou menos nutrientes, dependendo da forma como forem preparados. A nutricionista Ângela Cardoso explica a melhor forma de consumir cada um deles.

tomates

Foto Shutterstock.com

Tomate

Cozido ou assado: rico em licopeno, a substância responsável pela cor avermelhada, o tomate protege o coração, reduz o risco de tumores cancerígenos e afasta o envelhecimento precoce. Com o calor, este nutriente fica mais concentrado. “Cozido em forma de molho, o tomate possui muito mais licopeno que a versão crua, portanto, é necessário que ele seja processado e submetido ao calor para que o betacaroteno seja melhor aproveitado e ativado”, explica Ângela.

Batata

Assada ou cozida é a melhor forma de consumo, de acordo com a nutricionista. Porém, possui muitas calorias e, se consumida em excesso ou em associação com outros hidratos de carbono, pode engordar. Cozinhe sem a casca, para evitar que seja contaminada por agrotóxicos.

Peixe

Frito, esse alimento não perde nenhum de seus nutrientes, porém, o óleo utilizado para fritar aumenta, e muito, as calorias e o consumo de gordura saturada, prejudiciais à saúde. Os peixes de água fria, quando ingeridos crus, preservam todos os nutrientes, além de manter o ômega 3. Assado ou cozido possui poucas calorias.

prato de brócolis com peixe assado

Foto Shutterstock.com

Brócolis

Cozido no vapor é a melhor forma de prepará-lo. Rico em fibras, cálcio e vitamina C, esses nutrientes permanecem intactos quando cozidos. Já na forma de fritura, esse legume perde as propriedades nutricionais e ainda adquire a caloria do óleo da preparação.

Leia também:

Couve

Crua ou refogada, mantêm o cálcio, potássio e vitaminas.  Essa verdura aumenta as defesas do organismo, reduz os riscos de câncer de mama e pulmão e protege das gripes e constipações.

Ovo

Cozido é a melhor forma de preparação. Rico em proteína, zinco e selênio, é um ótimo substituto para a carne vermelha, mas deve ser consumido com moderação pelo seu alto índice de colesterol. Quando frito, a quantidade de calorias aumenta e o índice de gordura saturada lá em cima, pode causar problemas cardíacos.

Consultoria Ângela Cardoso, nutricionista