Aracaju: descubra sua beleza e hospitalidade

Como quem não quer nada, Aracaju, a capital de Sergipe conquista pela hospitalidade e, aos poucos, revela as pérolas de sua orla e Centro.

None
Aracaju possui 35 km de costa litorânea para você aproveitar. Foto: Divulgação / EMSETUR - Tanit Bezerra

por Redação Alto Astral
Publicado em 08/06/2017 às 16:33
Atualizado às 14:14

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Se você nunca pensou em incluir Aracaju em seus possíveis destinos de férias, não sabe o que está perdendo. No menor estado do país, você se sente em casa. A população é acolhedora e não é difícil encontrar alguém gentil o suficiente para lhe explicar ? com um sorriso no rosto ? o caminho mais fácil para o Parque dos Falcões. Na verdade, Aracaju ainda não percebeu que é capital. Ainda bem! Por lá, o trânsito flui, o sistema de transporte público não deixa a desejar e as pessoas se cumprimentam na rua. E ainda tem uma boa orla, que pode até não ser a mais estonteante do Nordeste, mas é digna de estampar cartões-postais.

São 35km de costa litorânea que delineiam a cidade, formados por areia plana e firme, perfeita para quem gosta de caminhadas. Mas não se esqueça do boné e da dose extra de protetor, pois lá o calor é intenso, tornando o banho de mar ao fim do percurso ainda mais convidativo. A Praia de Atalaia é a menina dos olhos do município e sede dos melhores bares, restaurantes, hotéis e casas noturnas da capital. Bem estruturada e urbanizada, não faltam quadras, parques, ciclovias, lagos e espaços para esportes radicais na areia.

Foto do por do sol na Praia de Atalaia, Aracaju

Apesar de não ser o destino mais procurado pelos turistas, Aracaju surpreende pela beleza e tranquilidade. Foto: Divulgação / EMSETUR – Tanit Bezerra

Já no quesito beleza, quem sai na frente é a Praia do Saco. Desenhada por coqueiros e ladeada por dunas claríssimas, a orla tem águas em um tom único de azul-esverdeado na cidade. Mosqueteiro é outra praia privilegiada pela natureza. Ao leste, tem vista para o Oceano Atlântico; a oeste, é o rio Vaza Barris, com suas águas limpas e manguezais preservados, que dá o tom do lugar. Na maré baixa, surgem ilhas em meio às ondas. A Croa do Goré, a mais famosa e procurada, ancora um restaurante flutuante, que permite ao visitante saborear delícias gastronômicas da região.

Entre os lugares que você precisa conhecer, dê uma atenção especial para a Praia Abaís, que conta com ondas fortes, além da companhia da Lagoa Grande. A praia do Refúgio também vale a visita, assim como a de Robalo e Náufragos.

Caminhada histórica em Aracaju

Aracaju também tem história para mostrar. E dar uma voltinha admirando a arquitetura do século XIX do Centro Histórico já é um começo para conhecê-la. Caminhe pelas praças Fausto Cardoso e Olímpio Campos. Por ali, a Catedral Metropolitana e os Palácios Olímpio Campos e Inácio Barbosa são paradas obrigatórias.

Após o tour, é a vez de conhecer os mercados públicos e provar as castanhas-de-caju, doces caseiros, além do queijo coalho e do requeijão. Em seguida, vá direto para o Mirante 13 de Julho. Ainda dá tempo de assistir ao pôr do sol bem de frente ao encontro do rio Sergipe com o mar, região contornada por manguezal repleto de garças brancas. Logo depois, a Passarela do Caranguejo, com a orla de Atalaia ao fundo, dá o ritmo e os sabores da noite e, em Aracaju, isso significa desfrutar de muito forró pé-de-serra e frutos do mar.

Fotografia da Ponte do Imperador em Aracaju

Além das belezas naturais, Aracaju possui belezas arquitetônicas. A Ponte do Imperador foi construída para receber a visita do então Imperador D. Pedro II. Foto: Divulgação / EMSETUR – Joelson

Passeio familiar

Distrair os pequenos em Aracaju não é tarefa difícil. Uma boa ideia é levá-los para o Oceanário, construído em forma de tartaruga e localizado na orla de Atalaia. Na área de 1.100m², 20 aquários abrigam representantes da fauna e da flora marítima e pluvial de Sergipe. São inúmeras espécies de peixes, tartarugas e outros animais marinhos que dançam entre os tanques de água. Mas o grande destaque fica por conta dos tubarões, que podem ser vistos de pertinho, sob a proteção do vidro.

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.