Aprenda como preparar alimentos sem glúten

Conheça a forma correta de manusear, preparar e vender alimentos sem glúten para celíacos, ou seja, pessoas intolerantes à essa proteína.

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/08/2016 às 13:00
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Antes de iniciar a produção de alimentos sem glúten para vender é preciso ficar atenta a todos os problemas causados pela doença celíaca, pois qualquer sinal dessa proteína em um alimento pode causar sérios problemas ao possível cliente. Por isso, entenda e aprenda a manusear os alimentos corretamente para conquistar seus fregueses com segurança!

alimentos sem glúten dispostos em uma superfície branca

FOTO: Shutterstock.com

Contaminação cruzada

Conhecida entre os celíacos, a contaminação cruzada é um dos maiores problemas na indústria de alimentos. A contaminação acontece quando uma pequena quantidade de glúten entra em contato com um alimento feito para celíacos. Isso pode acontecer quando utensílios são compartilhados e quando a limpeza do local é inadequada. A farinha de trigo, por exemplo, quando usada, fica 24 horas suspensa no ar.

“A melhor forma de evitar esse problema é especializar-se em preparação, armazenagem e transporte de alimentos sem glúten. Além disso, é importante ter uma cozinha com instalações isoladas, na qual todos os utensílios, aparelhos, ferramentas e eletrodomésticos sejam utilizados unicamente para a preparação de alimentos sem glúten”, explica a nutricionista Noadia Lobão.

Veja também:

Afinal, glúten faz mal?

Bolo de nozes sem farinha

Mitos e verdades sobre o glúten

Limpeza e instalações de alimentos sem glúten

Se você for produzir alimentos sem glúten em uma cozinha onde são manuseados alimentos com glúten, é preciso atentar-se com alguns itens:

1. Armazene os alimentos sem glúten separadamente, assim como as áreas de preparação.

2. Use equipamentos distintos (panelas, colheres, vasilhas, etc.) e, se possível, marque-os para que não haja confusão ou problema. “Se não for possível usar utensílios distintos, certifique-se que as panelas e materiais utilizados para outros alimentos foram completamente limpos antes de serem usados para alimentos sem glúten. Objetos como papel-alumínio e papel-manteiga não devem ser reutilizados”, explica a profissional.

utensílios de cozinha dispostos um sobre o outro

FOTO: Shutterstock.com

3. Funcionários devem estar com mãos e roupas limpas ao manusearem os alimentos para celíacos. Também deve ser proibida a entrada de alimentos e bebidas para a alimentação dentro do local de produção.

4. Não reutilize ingredientes que foram usados em preparações com glúten. O óleo, por exemplo, será contaminado se usado apenas uma vez para fritar algum alimento que contenha essa proteína.

5. Não use os mesmo produtos para receitas com e sem glúten. A margarina, por exemplo, pode ficar com migalhas ou farelos de outros produtos, como pães e biscoitos.

Consultoria: Noadia Lobão, nutricionista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.