Aprenda como escolher suplementos alimentares

Aprenda como escolher suplementos alimentares, febre nos últimos anos, especialmente nas academias. Você sabia que existem diferentes tipos e indicações?

None
Muito comuns, especialmente no universo das academias, os suplementos viraram febre nos últimos anos. Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/02/2017 às 13:48
Atualizado às 09:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Não é raro encontrar pessoas malhando com um copo de shake ao lado. Uma, duas, três… Quarenta repetições e um gole da batida de proteína. É comum também a ingestão pré e pós a ida à academia. Essa cena tornou-se rotineira no país e hoje não é só uma realidade de atletas de alta performance. A fama desse tipo de produto propagou-se rapidamente, pois, além dos resultados visíveis no corpo em pouco tempo, a maioria deles tem poucas contraindicações. Interessou-se? Então conheça um pouco mais sobre os suplementos.

suplementos alimentares, peso de academia e corda amontoados em um chão de madeira

Muito comuns especialmente no universo das academias, os suplementos viraram febre nos últimos anos. Foto: Shutterstock

De acordo com o fisiologista e mestre em Ciências do Movimento Humano, Gustavo Barquilha, o uso de suplementos cresceu devido aos resultados que eles proporcionam em um curto período de tempo. “É comum atletas de alto rendimento, amadores ou mesmo pessoas comuns, praticantes de atividade física, utilizarem suplementos alimentares. Eles recorrem ao uso deles, pois buscam resultados rápidos”, opina.

O que são e para que servem?

Para entender um pouco mais sobre os suplementos alimentares, Gustavo, que é preparador físico de atletas de alto nível (MMA) e consultor técnico em Suplementação Nutricional, explica que esses produtos têm “características idênticas a alguns tipos de alimento, seja macro ou micronutriente”. E ele alerta: “os suplementos não devem ser confundidos com hormônios!”.

Segundo Gustavo, os suplementos têm a função de suprir alguma carência na dieta ou melhorar o desempenho esportivo como, por exemplo, a cafeína. “De maneira geral, os suplementos devem ser utilizados por quem tem alguma necessidade específica ou deficiência nutricional, tendo poucas contraindicações em indivíduos saudáveis”, afirma.

Para quem é indicado?

Normalmente, atletas ou praticantes de atividade física possuem mais necessidades de ingestão de nutrientes do que indivíduos sedentários. “Geralmente, quando um indivíduo sedentário utiliza algum tipo de suplemento, é por deficiência de algum nutriente”, afirma.

Contudo, o fisiologista acrescenta que, em alguns casos, o uso de suplementos pode não ser indicado. “Indivíduos com alguma patologia, como diabetes ou hipertensão, faz-se necessário a prescrição por um médico ou nutricionista”, observa.

Apesar da restrição às pessoas com doenças crônicas, os suplementos alimentares podem ser ingeridos, inclusive, por crianças e ou adolescentes. “Caso a criança seja atleta, pode se fazer o consumo. Mas, se for apenas um praticante de atividade física, a utilização de suplementos fica condicionada à indicação de um profissional”, explica.

Gustavo acrescenta que os suplementos também são indicados para idosos, especialmente os produtos proteicos. “O consumo pode melhorar a saúde, evitando os efeitos negativos da idade, como a sarcopenia, que é a perda da força e massa muscular.

Qual suplemento é melhor?

Atualmente, há uma quantidade enorme de produtos e neste momento surge a dúvida de qual escolher. Segundo o consultor técnico em Suplementação Nutricional, a decisão depende do objetivo de cada pessoa.

“Existem produtos como creatina e hipercalóricos, que são mais utilizados para ganho de peso e massa corporal. Outros, como termogênicos, são consumidos para perda de peso, por exemplo,” enumera. Já, se a dúvida na hora de comprar for devido aos produtos diferenciados para cada sexo, Gustavo esclarece, “mesmo algumas empresas direcionando produtos para homens ou mulheres, segundo a Anvisa, não existem diferenças entre os suplementos.”

mulher forte de top em fundo escuro segurando uma garrafa com suplementos alimentares

Pessoas das mais diversas idades podem consumir suplementos. Foto: Shutterstock

Fique atento!

Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), apenas médicos e nutricionistas podem indicar e dar orientações sobre o uso de suplementos como, por exemplo, quantidade ideal para o seu corpo, qual o melhor tipo de produto para você e outras questões básicas.

Saiba mais

Qual é o momento ideal para começar a consumir suplementos?
Ao iniciar uma atividade física, desde que orientado por um profissional, diz Gustavo.

Quando é a hora de parar?
Não existe um momento de parar, mas, sim, a falta de necessidade. Sempre que houver uma necessidade específica de algum nutriente na dieta, deve-se usar a suplementação, afirma o fisiologista.

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.