ESTILO DE VIDA

Apês de um quarto: otimize o espaço e viva bem mesmo em poucos m²!

Quem disse que só porque um ambiente é pequeno ele não pode ser bem aproveitado? Confira essas ideias para apês de um quarto e não erre na hora de decorar!

None
Foto: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/12/2016 às 18:34
Atualizado às 16:23

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Nada mais do que sala, cozinha, quarto e banheiro. Se a composição dos apês de um quarto é básica, o segredo para viver bem dentro deles é a otimização de cada centímetro. Para valorizar os poucos m² vale de tudo. Em matéria de reforma estrutural, pode-se alterar a planta, criar integrações e mudar as disposições dos espaços. Nos acabamentos, compensa investir em materiais básicos, sóbrios, limpos e atemporais. Já a decoração, precisa ser calculada minuciosamente, para trazer conforto e beleza, sem criar nenhum aperto ou extravagância.

Apartamentos de um quarto

Foto: Divulgação

Simplicidade

Sala apartamento

Foto: Divulgação

As peças com bordas bisotadas criam um visual elegante na sala. Os tons neutros deixam para os móveis e os itens decorativos a definição do ambiente.

Ótima ideia!

Sala de jantar apartamento

Foto: Divulgação

A sala de jantar é composta por uma estrutura em “L”, com um dos lados fixados à parede. Um banco usado como assento diminui o volume do conjunto, favorecendo a circulação, além de ampliar o número de lugares. O banco também pode ser utilizado para assistir à TV. O trecho de parede espelhado ajuda a delimitar os espaços – além de trazer aquela sensação de amplitude.

Simples e barato

Para valorizar o pé-direto do apartamento de 41,20m², o gesso antigo no teto foi dispensado. No teto, foi aplicada tinta com efeito concreto, economizando com o forro. Foi proposto piso vinílico ao invés de madeira: “Além da praticidade e valor mais acessível, o material é sustentável!”, contam as arquitetas Flavia Grilo e Renata Alabarce , do escritório Dom Arquitetura. No banheiro, há revestimento apenas dentro do box, reduzindo o custo e deixando-o mais “leve”. Toda a marcenaria tem linhas retas, deixando o conjunto menos carregado e economizando espaço.

Sem aperto

Cozinha apartamento

Foto: Divulgação

Na cozinha há uma ilha-balcão com ligação para a sala de jantar. A marcenaria adaptou os eletrodomésticos, deixando-os todos embutidos, o que otimizou o local – é assim com o micro-ondas e a geladeira. A pia foi mudada de lugar, pois na posição antiga não deixava espaço para o armário e forno elétrico.

Mais conforto

Sala apartamento

Foto: Divulgação

A decoração é contemporânea, sem modernismos ou elementos clássicos. O arquiteto Marcelo John procurou imprimir uma atmosfera jovem e dinâmica, com peças pontuais. O apartamento foi desenvolvido para um casal jovem, recém-casado, sem filhos, com uma rotina de trabalho bem intensa e que precisaria de uma ambientação prática, sem excessos e modismos.

Curinga

Bancada apartamento

Foto: Divulgação

A marcenaria foi o principal elemento para fazer a metragem render. “Ela acomoda todos os itens necessários, sem sobrecarregar o ambiente”, explica John. Móveis com mais de uma função não sobrecarregam o espaço e deixam um aspecto leve.

As cores

Quarto apartamento

Foto: Divulgação

O uso de tons neutros nos revestimentos de piso e parede, deixando apenas as cores mais fortes para quadros e objetos decorativos, como adornos e almofadas, criam uma atmosfera equilibrada.

Texto: Douglas Galan/Colaborador | Consultoria: Flavia Grilo e Renata Alabarce, arquitetas do escritório Dom Arquitetura, de São Paulo (SP) e Marcelo John, arquiteto, de Porto Alegre (RS)

LEIA TAMBÉM