ESTILO DE VIDA

Amigas da cintura: proteínas ajudam na formação de massa magra!

As proteínas não se transformam em gordura e ainda por cima, são responsáveis a ajudar o corpo na formação da tão importante massa magra.

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/03/2017 às 16:29
Atualizado às 11:08

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Elas tem participação direta no crescimento, na formação de massa magra e manutenção de tudo que compõe o organismo. “Todos os tecidos, nervos, músculos, órgãos internos, pele, cabelos e unhas são dependentes de proteína. Além disso, alguns hormônios também são feitos dessa substância, como a insulina do pâncreas, que ajuda a regularizar a glicose do sangue, e a tiroxina da tireoide, que controla o metabolismo”, destaca Patrícia Davidson, nutricionista funcional. Elas ainda são responsáveis pela produção de anticorpos e dão uma forcinha na perda de peso e ganho de massa magra. Dá para entender porque os adeptos de academia gostam tanto delas, né?

Ovos crus com casca

Foto: iStock.com/Getty Images

Prazer, massa magra!

A nutricionista Thayana Albuquerque explica que, como as proteínas são responsáveis pela construção de todos os tecidos do organismo, elas não são armazenadas em forma de gordura, ou seja, com o consumo da substância, os músculos crescem e o metabolismo acelera, contribuindo para a perda de peso. Mas para adquirir esses benefícios, fuja das proteínas “gordas”! Carnes magras e brancas são as melhores opções, além das proteínas vegetais, presentes em grãos e oleaginosas. Só fique atento com os exageros das dietas que oferecem somente proteína, pois o excesso pode causar problemas renais: “Em casos de pessoas com problemas nos rins ou histórico familiar de doença renal, é importante ficar atento, porque a proteína que não é utilizada pelo corpo é eliminada pelos rins, sobrecarregando suas funções”, alerta a professora de nutrição Nádia Neves.

Opções que emagrecem

1. Frango
2. Sardinha
3. Ovo
4. Feijão azuki
5. Amaranto
6. Castanhado-pará
7. Quinoa
8. Carnes vermelhas magras
9. Iogurte natural
10. Abacate

Filé de frango cru com ervas

Foto: Shutterstock.com

Dicas de consumo

Elas estão presentes em praticamente todas as refeições, mas você sabe quais os melhores horários para ingeri-las? Consumir proteínas no café da manhã garante saciedade para o restante do dia. Por isso, muitas vezes, o ovo é recomendado nessa refeição. “O ovo consumido pela manhã contribui para diminuir a fome ao longo do dia, auxiliando na redução do total diário de calorias”, explica Thaís Souza, nutricionista. Depois do treino, elas também são essenciais para a reposição dos músculos e auxílio na formação de massa magra.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Patrícia Davidson, nutricionista funcional; Thayana Albuquerque, nutricionista; Nádia Neves, Professora do curso de nutrição da Anhanguera de Brasília (DF); Thaís Souza, nutricionista

LEIA TAMBÉM