ESTILO DE VIDA

Convivendo com o Alzheimer: dicas para melhorar a vida do portador

Na fase inicial da doença, embora alguns esquecimentos sejam inevitáveis, a família não deve desistir de tentar estimular a sua memória

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/12/2016 às 13:34
Atualizado às 16:26

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Nada melhor do que tornar o dia a dia do idoso com Alzheimer mais produtivo. Na fase inicial da doença, a família não deve desistir de tentar estimular a sua memória. Para isso, os jogos de raciocínio são ideais: dama, xadrez, quebra-cabeça, jogo da memória e mais tudo aquilo que possa exercitar a mente é bem-vindo! Não sabe o que dar de presente? Livros são ótimas opções. Assim, o idoso poderá passar um bom tempo lendo e recordando uma série de palavras as quais fogem à mente.

alzheimer-qualidade-vida-portador-dicas

Foto: Shutterstock

Saúde no prato

Esta é uma questão que sempre deve ser enfatizada, afinal, a frase “você é o que você come” precisa ser levada à risca. Incluir no cardápio os alimentos bons para a memória e deixar de lado aqueles que possuem conservantes ou gorduras em excesso (processados) é indispensável não só para o portador do Alzheimer, mas também para toda a família, independentemente da idade. Esta aí uma forma de trazer mais saúde ao dia a dia e beneficiar a todos os que convivem com o idoso!

Em busca de alívio emocional

Enquanto as funções motoras e cognitivas ainda não estiverem muito afetadas, é indispensável que o idoso realize (ou continue realizando) atividades que tragam equilíbrio mental e bem-estar. Atividades relaxantes como yoga, massagens, caminhadas ao ar livre ou até mesmo uma simples sessão de musicoterapia na própria casa são ideais para manter a qualidade de vida lá em cima.

LEIA TAMBÉM