Alimentos: confira 8 exemplos excelentes para o sistema imunológico!

A manutenção adequada do sistema imunológico depende dos alimentos que você consome. Confira 8 exemplos que atuam como protetores do sistema imunológico!

None
Foto Istock.com/Getty images

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/11/2016 às 13:53
Atualizado às 11:55

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Fundamental para auxiliar no combate a diversas doenças, os alimentos corretos fazem toda diferença. Uma alimentação balanceada é rica em vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos graxos e compostos bioativos. É a chave para fortalecer as defesas do organismo e manter-se saudável. Confira 8 dicas!

carrinho de supermercado com alimentos

Foto Istock.com/Getty images

Caju

Fruta rica em nutrientes, além de proteger o organismo graças a grande quantidade de cobre na sua composição, ainda retarda o envelhecimento, reduz os riscos de câncer e infarto.

Cenoura

Possui em sua composição grande concentração de carotenoides, que são transformadas em vitamina A, protegendo o sistema de defesa e diminuindo o risco de infecções.

Lentilha

É um dos alimentos mais ricos em ácido fólico e vitaminas do complexo B, que diminuem as concentrações de homocisteína, um aminoácido que quando elevado aumenta o risco de doença cardiovascular. “Em conjunto com a vitamina B6 e B12, estas vitaminas aumentam a defesa contra doenças do coração”, diz a nutricionista Barbara Sanches.

peixes

Foto Istock.com/Getty images

Peixes

São as principais fontes alimentares de vitamina D e de ômega-3 que estão diretamente relacionados com o bom funcionamento do sistema de defesa. “Se desejar, pode também consumir suplementos de óleos de peixes”, ensina a nutricionista.

Semente de girassol

Possui grande quantidade de vitamina E, que melhora a função imune do organismo. Também atua como cicatrizante.

Alfafa

Possui vitaminas, além de uma série de substâncias como as saponinas, que têm atividade antifúngica, hemolítica (anemia devido à hemólise) e anti-inflamatória. “Mas o consumo exagerado é contraindicado para pacientes com lúpus , pois possui canavanina, um aminoácido não proteico que pode ser tóxico”, alerta Baraba.

Leia também: 

Gengibre

É um alimento que pode ser usado para o tempero de saladas, em preparações quentes ou mesmo na forma de chá e tem diversas ações, entre elas é antialérgica, é expectorante, reduzindo o excesso de muco e desobstruindo as vias aéreas, além de estimular o sistema imunológico. “Entretanto, o seu uso deve ser evitado em pacientes com cálculos biliares (pedra na vesícula)”, reforça a profissional.

Mel

Aumenta a ação do sistema imunológico, tem atividade antimicrobiana além de ser antioxidante, anti-inflamatório e impedir a atividade das bactérias, como a responsável pela tosse. Porém o uso por diabéticos deve ser controlado devido à sua alta concentração de glicose, muitas vezes, não sendo a melhor opção para este tipo de paciente.

Consultoria Barbara Sanches, nutricionista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.