Saiba quais alimentos protegem o corpo do Alzheimer!

Já sabemos sobre a importância de uma alimentação balanceada e rica em nutrientes. Saiba quais alimentos protegem o corpo do Alzheimer e previna-se!

None
Saiba como os alimentos protegem o corpo do alzheimer e insira-os em sua rotina para evitar o aparecimento dessa doença. FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/04/2017 às 11:54
Atualizado às 13:39

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Alimentar-se bem significa ter um corpo mais saudável e disposto. E com a mente não poderia ser diferente, já que os bons hábitos refletem diretamente na saúde do cérebro. Para o portador de Alzheimer, que sofre com uma degeneração nesse órgão, é de extrema importância que o seu cardápio contemple nutrientes que sejam capazes de ajudar a mente a enfrentar a doença. Saiba quais alimentos protegem o corpo do Alzheimer e afaste essa doença!

O magnésio é uma substância presente nos alimentos protegem o corpo do alzheimer, sendo muito consumido por quem sofre com o problema.

Os alimentos ajudam proteger o corpo contra o alzheimer, basta inseri-los na dieta FOTO: Shutterstock.com

1. Feijão-branco

Existem duas substâncias presentes nos feijões que são capazes de favorecer a saúde do cérebro: o ácido fólico e o triptofano. O primeiro é uma substância essencial para futuras mamães e bebês, pois atua no desenvolvimento do sistema nervoso do feto. A segunda é responsável pela produção de serotonina, um neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

2. Salmão

Os peixes, principalmente os de águas frias, como o salmão, são conhecidos por ajudarem a manter o cérebro saudável. Isso ocorre porque esse alimento é rico em ômega-3, indicado contra o Alzheimer. “O consumo regular de ômega-3 auxilia na melhora da concentração, memória, aprendizado, motivação, humor, velocidade de reação, a neutralizar o estresse e a prevenir doenças degenerativas cerebrais, como Alzheimer e Parkinson”, esclarece a nutricionista Dominique Horta Buim.

Refeição, arroz com salmão frito, com salada de legumes e verdura

O salmão é rico em ômega-3, responsável por melhorar a concentração, por exemplo Foto Shutterstock.com

3. Ovo

É fonte de diversos nutrientes, que atuam em variados aspectos da saúde, inclusive da saúde cerebral. As vitaminas do complexo B, por exemplo, são essenciais para o sistema nervoso, já que agem na memória e na concentração. “Durante a gravidez (e a amamentação) é fundamental um aporte adequado de colina (um nutriente que faz parte do complexo B) para o cérebro do bebê. A capacidade de memória de um adulto é grandemente influenciada pela dieta da mãe (durante a gestação), período no qual o consumo de ovos frescos é altamente recomendável”, explica a nutróloga Tamara Mazaracki.

4. Mirtilo

A fruta nutre todo o organismo. Seus componentes ajudam a evitar ou retardar doenças degenerativas do cérebro, como o Alzheimer. Além disso, o alimento atua como antioxidante, combatendo os radicais livres, moléculas que, em excesso, danificam as células do corpo.

5. Castanha-do-pará

Quando ingeridas regularmente – mas sem excesso, 3 unidades de cada é uma boa pedida! – elas ajudam a blindar o organismo contra a ação dos radicais livres responsáveis pelo envelhecimento e pela degeneração celular.

Texto: Paula Santana
Consultoria: Ana Rosa Costa, Dominique Horta Buim, Eliane Petean Arena, nutricionistas; Tamara Mazaracki, nutróloga

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.