5 opções que devem ficar fora do cardápio da gestante

Muita gente não sabe quais as opções que devem ficar fora do cardápio da gestante. Além de bebidas alcoólicas e a conhecida hortelã, confira mais 5 opções!

None
Ingerir legumes e verduras durante a gestação é muito importante. FOTO: Istock.com/GettyImages

por Redação Alto Astral
Publicado em 25/05/2017 às 15:00
Atualizado às 15:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Muita gente dá palpites sobre o que a gestante deve consumir ou não. Mas, para se precaver de problemas durante essa fase tão especial, é preciso conversar com o médico e, com base nos exames realizados, buscar um nutricionista para que uma dieta equilibrada e voltada às necessidades específicas da mulher seja elaborada. “Durante a gravidez, é preciso manter uma dieta saudável, com muitas frutas, verduras e legumes e água. Comer carne também é fundamental, pois possui ferro e proteína. Fazer exercícios físicos compatíveis com o período da gestação, não fumar e nem consumir bebidas alcoólicas também são primordiais”, explica o nutrólogo Máximo Asinelli. Confira 5 opções que devem ficar fora do cardápio da gestante e aproveite essa fase com muita saúde para mãe e filho.

1- Ervas e plantas

Tradicionalmente usadas para curar males, as plantas medicinais têm seus benefícios conhecidos desde a antiguidade. No entanto, gestantes e lactantes precisam ter muito cuidado com algumas delas. O capim-limão e a erva-doce, por exemplo, devem ser evitados, já que em doses elevadas facilita contrações, que podem resultar em um aborto. O mesmo acontece com a hortelã e a canela. Na dúvida, evite esses alimentos durante o período!

peixes

Embora alguns peixes sejam contraindicados, converse com seu médico previamente para que uma dieta adequada à você seja elaborada, certo? FOTO: Istock.com/GettyImages

2- Peixes em conserva

Sabe-se que o consumo de peixes, como sardinha, arenque e atum, são indicados em uma alimentação saudável por conta do ômega-3. Porém, a mulher grávida precisa tomar cuidado com eles, já que as opções em conserva e filés podem conter altos níveis de mercúrio, que podem prejudicar o desenvolvimento do feto.

3- Alguns tipos de queijos

Os pastosos – como brie, camembert, danish blue e gorgonzola – precisam ser evitados, já que o risco de contaminação da bactéria Listeria também pode ocorrer.

4- Brotos crus

A presença das bactérias Salmonella e E. coli pode ocorrer nesse tipo de alimento se ele não for cozido. E essas invasoras são capazes de causar sérias intoxicações gastrointestinais, gerando um tremendo desconforto e até complicações mais sérias durante o período gestacional.

café expresso

Em excesso, a cafeína pode prejudicar o coração de pessoas com sensibilidades cardíacas. FOTO: Istock.com/GettyImages

5- Opções com cafeína

Tanto o próprio café quando demais bebidas que contenham a substância (como alguns chás e refrigerantes) precisam ser deixados de lado. Isso porque, para gestantes, o consumo excessivo da cafeína pode resultar em aborto espontâneo, ou o bebê pode ter baixo peso ao nascer, o que prejudica bastante a sua saúde.

Consultoria:  Máximo Asinelli, nutrólogo

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.