ESTILO DE VIDA

Saiba o que são alimentos funcionais e como lucrar com eles

A busca por alimentos funcionais e saudáveis aumentou significativamente. Então, que tal apostar nesse novo ramo lucrativo?

None
Foto: Stela Handa

por Lirian Coelho
Publicado em 02/02/2017 às 12:46
Atualizado às 17:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Nos últimos anos, a busca por alimentos saudáveis e funcionais aumentou significativamente. De acordo com uma pesquisa realizada pela Euromonitor International, empresa líder mundial em pesquisa de estratégia para mercados consumidores, o nicho de alimentos e bebidas ligados à saúde e bem-estar movimentou US$ 750 bilhões em 2013, sendo o Brasil responsável por US$14,6 bilhões deste total. Ainda neste universo de alimentação, US$ 264 bilhões correspondem à parcela de produtos funcionais. Então, que tal apostar nesse novo ramo lucrativo? Antes de dar início às vendas, confira o nosso bate papo com a especialista em nutrição funcional, Luciana Rocha.

Quatro potes de vidro com saladas dentro. A receita conta com ingredientes como molho, tomate, cenoura e folhas verdes.

Foto: Stela Handa

O que é um alimento funcional?

Luciana: Alimento funcional é aquele que atende as necessidades nutricionais do organismo. Geralmente, possuem efeitos metabólicos em prol da saúde, combatendo algumas deficiências do corpo e prevenindo doenças.

Para quem quer ingressar em um negócio de venda de comida saudável, o que é preciso saber?

Luciana: O ideal é sempre começar pelo básico! Primeiro, é necessário ter conhecimento dos tipos de produtos que serão manipulados e se eles interessam para o público. Em segundo, é também fundamental saber administrar o comércio.

Quais alimentos vender? Ou seja, o que está na moda e é procurado no mercado de alimentação saudável?

Luciana: Geralmente, o que costuma ser mais procurado no mercado são aquelas tradicionais barquinhas de tapioca e alimentos sem glúten. Também temos as nozes, as castanhas, as sementes e os grãos, que são produtos oleaginosos.

Qual é o limite de calorias em um prato saudável (refeição)?

Luciana: A média está em 450 Kcal. Mas, no quesito saudável e funcional, isto não é levado em consideração, porque o organismo que se enquadra neste perfil consegue metabolizar normalmente tais calorias.

No caso de receitas doces, em quais alimentos podemos apostar para conseguirmos atingir uma baixa quantidade de calorias?

Luciana: O ideal é que as receitas doces não estejam aliadas a farinhas e gorduras. Você pode optar por uma receita que vá frutas, ou até mesmo chocolate, do que escolher uma receita que recebe farinha de trigo ou itens criados na fritura.

Pouca caloria é sinônimo de alimento saudável?

Luciana: De forma alguma! Às vezes o alimento feito com adoçante é considerado de pouca caloria, mas não é funcional para o corpo. Ou seja, não atende as necessidades nutricionais do organismo. Um exemplo disto está na pera: a pera possui a mesma caloria que um bolinho diet de chocolate. O que é mais saudável? A pera ou o bolinho? O bolinho está cheio de conservantes e adoçantes, já a pera tem nutrientes consideráveis, como vitaminas e minerais.

Fonte: Luciana Rocha, especialista em nutrição funcional 

LEIA TAMBÉM