3 alimentos que ajudam a manter o cérebro jovem

Para manter o cérebro jovem é necessária a ingestão de alimentos ricos em luteína. Saiba quais são eles e o porquê de investir nessas comidas

None
-Foto: Pixabay

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/08/2017 às 13:28
Atualizado às 13:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você já parou para pensar se está nutrindo corretamente o seu cérebro? Ele é um dos órgãos mais importantes de nosso corpo e pode-se dizer que o comandante de tudo. Além disso, guarda todas as nossa informações de vida, por isso manter o cérebro jovem e ativo é fundamental para uma boa memória e funcionamento de organismo.

Para evitar o envelhecimento do cérebro é bem simples, pois o nutriente responsável por isso, a luteína, é mais fácil de ser encontrada do que você imagina. Ela está presente nas folhas verdes-escuras, ovos e abacate, alimentos acessíveis e presentes no nosso dia a dia. Além desse benefício rejuvenescedor, a luteína se concentra nos olhos, atuando como antioxidante na retina e lentes oculares.

A descoberta dessa funcionalidade da luteína, de manter o cérebro jovem, foi feita por cientistas da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos. O estudo foi feito com 60 adultos de 25 a 45 anos que tiveram a concentração da substância medida no sangue. Os que apresentaram maior quantidade tinham respostas neurais equivalentes aos sujeitos mais novos, e não da mesma idade.

O foco da pesquisa foi em pessoas mais jovens, já que a grande maioria faz estudos acerca desse assunto com idades mais avançadas. O que mostra que, para prevenir o envelhecimento da massa cinzenta, é preciso ingerir alimentos ricos em luteína para retardar o efeito natural do órgão.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.