ESTILO DE VIDA

Você sabia que a alimentação pode influenciar o estado meditativo?

Quanto mais natural sua alimentação, melhor! E isso interfere, inclusive, durante o processo meditativo. Confira como os alimentos interferem na meditação!

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/08/2016 às 19:48
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Tanto os alimentos quanto o seu comportamento em relação a eles influenciam no estado meditativo, você sabia? Um motivo é o fato da comida se relacionar com a nutrição – ou não – do corpo. Por isso que, quanto mais natural, melhor! “Uma alimentação saudável é essencial para que haja melhora na comunicação entre os neurônios, concentração, foco e adequada secreção de hormônios para a saúde mental”, completa a nutricionista Christiane Bergamasco. Confira, a seguir, os alimentos que ajudam nesse processo!

mulher meditando com frutas a sua volta

Foto Shutterstock.com

Maracujá

É rico em fibras e substâncias antioxidantes, além de propriedades calmantes. “O maracujá oferece grandes quantidades de fibras solúveis em sua casca, flavonoides, carotenoides, minerais e vitaminas A e C”, salienta a nutricionista Cassiana Domingues.

Leguminosas

Fazem parte desse grupo grãos e vagens como lentilha, grão-de-bico, ervilha e soja. Para os vegetarianos são um prato cheio de proteínas, sendo também ricas em ferro, magnésio e vitaminas do complexo B. Também auxiliam no ganho de massa magra.

Oleaginosas

Nozes, sementes, amêndoas e castanhas são exemplos de representantes desse grupo. Elas são fontes de gordura boa, essenciais para o organismo. Ainda são ideais para frear o desenvolvimento do diabetes tipo 2, pois possui baixo índice glicêmico, alto teor de fibras e magnésio.

Saiba mais:

Métodos japoneses que vão facilitar sua vida!

Dicas de alimentação para um cérebro sempre jovem

Quais os benefícios de uma alimentação equilibrada?

Cereais integrais

Esses alimentos fornecem grande quantidade de fibras e, por serem fonte de carboidrato, são responsáveis por dar mais energia ao organismo. Ainda contêm vitaminas do complexo B e ômega 3, para dar uma dose extra de disposição. O consumo ideal é de, ao menos, 48g de cereais integrais por dia, uma vez que, em excesso, eles se transformam em gordura.

alimentação para meditar

Imagem Editora Alto Astral