Dicas de alimentação para um cérebro sempre jovem

A alimentação pode dar uma força para manter seu cérebro sempre saudável e jovem. Conheça os principais alimentos benéficos para a mente!

None
FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 08/08/2016 às 19:17
Atualizado às 12:05

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Em 2013, a expectativa de vida dos brasileiros ficou em 74,9 anos: uma ótima notícia. Mas manter-sesaudável ao envelhecer, tanto o corpo quanto o cérebro, continua sendo um baita desafio.

“Hoje em dia, 75% das doenças estão relacionadas ao que fazemos com o nosso corpo. Nossa alimentação, nosso comportamento, o meio ambiente, ou seja, nosso estilo de vida, vai determinar como vamos envelhecer”, destaca a médica especialista em nutrologia Alice Amaral. Então, que tal manter uma mente ativa com a ajuda da dieta?

Dicas de alimentação para um cérebro sempre jovem

FOTO: iStock.com/Getty Images

Alimentação saudável para o cérebro

De acordo com a profissional, alimentos como morango, kiwi, tomate, pêssego, maçã e uva, além de espinafre e cebola, são ricos em fisetina. Essa substância é importante na manutenção da memória porque estimula e fortalece as sinapses neuronais, além de aumentar a capacidade de memorização, elaboração do pensamento, concentração e aprendizado.

Presentes em grãos, raízes e folhas de cor verde escuro, “os sais minerais essenciais, como zinco, fósforo, ferro e selênio são fundamentais para manter o cérebro ativo”, explica Alice.

A colina, substância essencial na construção da membrana de novas células cerebrais e na reparação daquelas que foram danificadas, pode ser encontrada em sementes e grãos, no azeite de oliva extravirgem prensado a frio, no óleo de coco e na gema do ovo.

“Esses alimentos também são ricos em fitoesterois, atuantes na estimulação do sistema imunológico, prevenindo tumores, inflamações e infecções. Outra função é a de desengordurante de artérias e veias, além de restaurador de estruturas do sistema nervoso”, conta a nutróloga.

As vitaminas E e C possuem ação antioxidante, prevenindo o envelhecimento das células. Elas estão presentes na maioria das frutas, sementes cruas e frescas, grãos, no azeite de oliva extravirgem prensado a frio e no óleo de coco. Já aquelas do complexo B, responsáveis por regularem as sinapses neuronais, podem ser encontradas em sementes e fibras de alimentos integrais e proteínas.

Veja também!

7 dicas para exercitar seus neurônios agora mesmo

Desenvolva seu raciocínio com algumas dicas

Texto: Karina Alonso/Colaboradora – Edição: Victor Santos

Consultorias: Alexandre Leopold Busse, geriatra da empresa Azimutemed; Alice Amaral, médica especialista em nutrologia e medicina do exercício e esporte; Caio Gatti, personal trainer e sócio proprietário da academia Tonu’s Coach Club.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.