ESTILO DE VIDA

Veja alguns transtornos mentais pouco comuns

Alguns transtornos mentais são pouco conhecidos pela população. Entretanto, eles possuem algumas características um tanto quanto peculiares.

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 04/08/2016 às 19:30
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente um terço da população apresenta algum tipo de transtorno mental. Um dos motivos que favorece esse quadro é o aumento significativo do número de problemas de saúde considerados distúrbios mentais no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, o livro guia de psiquiatras e psicanalistas. Desde 1952, o número passou de 106 para 365.

Entre os distúrbios descritos no manual, há alguns pouco conhecidos pela população – mas que possuem características peculiares. Confira três deles aqui:

hipocondria

FOTO: Shutterstock.com

Hipocondria

A hipocondria costuma ser generalizada para qualquer caso de pessoas que se preocupam demais com a própria saúde. No entanto, em casos de indivíduos com o transtorno, a preocupação chega à obsessão. Simplificada como mania de doença, é caracterizada pelo medo crônico de ter alguma doença séria, geralmente gerado pela má interpretação de funções normais do corpo (como os batimentos do coração).

O hipocondríaco cria uma insegurança tão grande que, mesmo médicos e exames apontando que tudo está bem, ele continua na expectativa de que em algum momento algo pior pode acontecer. Isso faz com que, muitas vezes, viva rodeado de medicamentos, o que pode acabar fazendo mal à saúde.

Síndrome de Munchausen

O nome pode ser complicado, mas trata-se de uma versão de transtorno parecido com a hipocondria. Só que, neste caso, o indivíduo cria doenças que não existem. Geralmente, com o objetivo de despertar empatia e receber tratamento e cuidados médicos, quem sofre deste problema simula ou até mesmo causa sintomas da suposta doença.

Uma variação mais rara do transtorno ainda envolve terceiros: o paciente induz ou simula uma enfermidade na vítima, fazendo com que ele tenha que ir ao médico, quando nega qualquer conhecimento da situação real.

Mutismo seletivo

Há quem acredite que não passe de frescura, mas o transtorno existe, sim. Sua principal característica é a falta de habilidade de conversar em situações sociais específicas, como em público, na frente do sexo oposto ou em locais com muita gente.

A ciência ainda não sabe ao certo o que causaria este transtorno, mas pesquisas apontam que relações conflituosas entre filhos e pais podem desencadear o quadro ainda na infância.

Veja mais:

Conheça alguns casos de transtornos mentais

5 mitos e verdades sobre transtornos mentais

Tire suas dúvidas sobre transtornos mentais

Texto: Natália Negretti – Edição: Augusto Biason/Colaborador