ESTILO DE VIDA

Alergias de verão: como se proteger dos problemas de pele

A exposição ao sol, à areia da praia e picadas de mosquitos podem aumentar os problemas de pele no verão. Saiba como se prevenir!

None
Evite problemas de pele durante o verão. Foto: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/01/2017 às 09:12
Atualizado às 17:32

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No verão, nada mais comum do que ter alergias. A exposição ao sol, à areia da praia e picadas de mosquitos podem aumentar os problemas de pele durante a estação mais quente do ano. Saiba como se prevenir e entenda mais sobre algumas doenças comuns da estação:

verao-alergia

Evite problemas de pele durante o verão. Foto: iStock

Alergias de verão

Mais comuns

Segundo a dermatologista Márcia Pontes, do Rio de Janeiro, o suor pode piorar os problemas de pele: “Com a sudorese aparecem as brotoejas, ocorre piora da dermatite atópica (inflamação da pele) e outra dermatoses como as foliculites (infecção causada por bactéria). Medicamentos de uso oral ou de uso tópico podem, em pessoas mais sensíveis, sofrer alterações moleculares na vigência da radiação UV,  e causarem reações alérgicas, sendo mais comum nos pacientes adultos”.

Ela também alerta sobre as picadas de insetos e a exposição exagerada ao sol: “Como é uma época de chuvas, temos o aumento da proliferação dos insetos com uma incidência maior de alergia a picadas de mosquitos e, nesse caso, as crianças são as mais afetadas, e os repelentes de insetos devem ser usados preventivamente. A superexposição solar causa queimaduras e hiperidrose, com grandes perdas de água e eletrólitos. Por isso, é necessário ingerir maiores quantidades de líquidos e aumentar o uso de protetor solar”.

Prevenção

Para não ter problemas sérios com a pele, a melhor solução é se hidratar e nunca esquecer do protetor solar. “O uso correto do protetor solar mais indicado para cada caso, roupas e acessórios (luvas e bonés) com proteção UV são ótimas opções para o verão, tanto como forma de prevenção como de tratamento”, explica a dermatologista. Para não ter problemas graves, nunca tome medicamentos sem orientação: é importante procurar um médico para que ele dê as instruções necessárias.

Testes de alergia

Para identificar o seu tipo de alergia, procure um dermatologista para ajudar: “Existem ‘baterias de testes’ para identificar alguma alergia de contato. Vários produtos são testados nas costas do paciente para identificar o ‘vilão’ da história… E às vezes o resultado surpreende: conservantes de produtos, inclusive filtros solares, aparecem como substâncias alergênicas em muitos pacientes. Nestes casos, optamos pelo uso de filtros físicos, que promovem uma ‘barreira’ protetora contra o sol”, conta Márcia.

Consultoria
Márcia Pontes – dermatologia clínica e estética
Membro da ISD – International Society of Dermatology
Email: [email protected]
Tel: (21) 2259-7744/ 2611-3861

LEIA TAMBÉM: