Mas, afinal, o que é alergia?

Há vários tipos de alergias, que envolvem pele, respiração e olhos. Entenda o que é alergia e como ela ocorre no organismo

None
Problemas respiratórios podem ser causados por alergia. Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 06/03/2017 às 16:19
Atualizado às 13:34

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O sistema imunológico é um grupo de células que defendem o organismo contra qualquer ataque à sua integridade, com mecanismos que reconhecem, neutralizam ou bloqueiam os riscos que determinado agente externo pode causar para a saúde. Mas, então, o que é alergia?  Às vezes, o organismo se confunde e reage contra componentes que não são agressores. Isso pode acarretar em sintomas como olhos vermelhos, secreções, tosses, espirros, coceiras, manchas na pele, entre outros. É assim que se formam as alergias.

mulher com alergia

Problemas respiratórios podem ser causados por alergia. Foto: Shutterstock

Por que acontece?

“Alergia não é doença, mas sim uma hipersensibilidade do indivíduo a determinados elementos”, explica a alergista e imunologista Maria Helena Pinho Graça. “As doenças comuns ocorrem quando o paciente se expõe ao que, na maioria das vezes, sabe que não tolera, não respeitando as limitações de sua sensibilidade”, diz. “No caso das alergias, há uma ativação de alguns tipos celulares, como mastócitos, basófilos e alguns linfócitos que produzem um anticorpo, o IgE, contra determinados componentes, e temos assim as reações”, indica Alexandra Sayuri Watanabe, diretora da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI).

E essas reações consistem em algo completamente pessoal. “Ou seja, o paciente tem que ter em seu organismo uma sinalização de que aquele elemento não é aceitável para seu próprio sistema de defesa imunológico”, comenta Maria Helena. “A alergia não depende de quantidade – que seria intoxicação – , mas sim de como o elemento é capaz de impressionar seu sistema de vigilância imunológica”, completa.

Tipos de alergias

São muitos os elementos que podem ser alérgenos, que são as substâncias naturais que, ao entrar em contato com a pessoa, têm chances de provocar alergias. Os tipos de reações estão relacionados ao órgão afetado. Assim, as alergias são divididas em:

alergia na pele

As lesões na pele podem ser causadas pelo consumo de algum alimento e pela mordida de insetos. Foto:Shutterstock

  • Respiratórias
  • Alimentares
  • De pele
  • Picadas de inseto ou outros animais
  • Medicamentos ou outros elementos físicos e químicos como inseticidas, pesticidas, perfumes…

Fatores de risco

Ainda que a incidência de alergia seja algo individual e seu aparecimento varie de pessoa para pessoa, alguns fatores podem interferir. “Alergia, principalmente a respiratória, assim como cor de olhos e cabelos, tem um traço genético familiar, embora não seja uma determinação genética”, relata Maria Helena.

Portanto, mesmo tendo possibilidades maiores, um filho de pais alérgicos pode não desenvolver nenhuma alergia ao longo de sua vida. Outro fator que influencia no aparecimento desse transtorno diz respeito ao ambiente em que a pessoa vive: dependendo da temperatura e da quantidade de poluição, por exemplo, pode haver uma maior ou menor propensão ao desenvolvimento dessas reações.

Já em relação ao estresse, ainda que ele não provoque alergias, pode ser considerado um co-fator. “Sob estresse, o organismo tem a tendência de liberar muitos componentes que podem aumentar uma inflamação já instalada, e, dessa forma, amplificar a reação”, esclarece Alexandra.

Texto: Redação Alto Astral
Consultoria: Alexandra Sayuri Watanabe, diretora da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI); Maria Helena Pinho Graça, alergista e imunologista da Carelink, do Grupo B2 Saúde

LEIA MAIS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.