Água morna: além de hidratar, o líquido é capaz de acelerar o processo de emagrecimento

A água morna é uma versão da bebida que acelera a perda de peso e ainda contribui para o melhor funcionamento do organismo

None
O ideal é tomar de 2 a 3 litros por dia. Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/07/2017 às 08:44
Atualizado às 12:55

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Indispensável para a vida, a água não contém calorias e pode preencher o vazio do estômago, evitando a ingestão de alimentos mais calóricos e desnecessários. A dieta da água morna é uma técnica que originou da medicina chinesa, utilizada para melhorar a digestão dos alimentos, reduzir o apetite e facilitar o trânsito intestinal. “A água morna acalma o estômago e torna o processo de digestão mais lento, o que vai resultar na diminuição do apetite. Ao ter menos fome é mais fácil seguir um plano alimentar que deve ser prescrito por um nutricionista e acompanhado por atividade física”, explica a nutricionista Marcia Loureiro, da Life Clínica, em Campinas. A orientação da profissional é beber cerca de 1 copo grande (300ml) de água morna (entre 29 a 36ºC) em jejum e outro 15 minutos antes do almoço e do jantar. Essa dieta é contraindicada para pessoas que fazem hemodiálise.

Água morna: santa bebida!

Tanto em temperatura morna quanto gelada, a água é uma grande aliada da perda de peso. Confira as vantagens da água para o emagrecimento:

• Ao consumir alimentos ricos em fibras associados à ingestão da água, ocorre um aumento do bolo fecal, o que contribui com o bom funcionamento do intestino e, dessa forma, favorece o emagrecimento.
• A água não tem calorias, e quando gelada, funciona como um termogênico, fazendo com que o organismo gaste energia para manter a temperatura regulada. “Beber de 8 a 10 copos de água gelada por dia gera um gasto médio de 200 calorias”, afirma Marcia Loureiro.
• O estômago pode dilatar até 2 litros. Quando ingerimos o líquido ao longo do dia, o órgão permanece relativamente preenchido, diminuindo a necessidade de alimentos.
• A água acelera o funcionamento dos rins, evita a retenção hídrica e o inchaço.
• Beber água repõe os líquidos do organismo e melhora a circulação sanguínea, o que gera uma melhor distribuição de nutrientes pelo corpo, auxiliando no transporte deles até as células. Sua eliminação pelo suor e pela urina retira os resíduos metabólicos e as toxinas, prevenindo o aparecimento de celulite.
• Na prática de esportes, a água ajuda a retirar o ácido lático, que causa a sensação de dor e fadiga dos músculos.
• O líquido também ajuda na produção das enzimas, substâncias que participam das reações químicas no organismo e contribuem para a produção do suco gástrico e da saliva, auxiliando na digestão. Além disso, fortalece as defesas do organismo.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Marcia Loureiro, nutricionista da Life Clínica, em Campinas (SP)

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.