Descubra a melhor forma de adicionar a abóbora ao cardápio

Vista como um alimento versátil, a abóbora é bem-vinda em pratos doces e salgados. Então, descubra a melhor maneira de consumi-la sem perder nutrientes

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/10/2016 às 18:44
Atualizado às 11:46

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Vista como um alimento versátil, a abóbora é bem-vinda em pratos doces e salgados, fazendo parte, principalmente, das grandes refeições: almoço e jantar. Independentemente do tipo do legume, ele fornece muitos nutrientes. Saiba mais!

abobora-cortada-sementes

FOTO: Shutterstock

Como consumir a abóbora

Abundante na abóbora, o betacaroteno é sensível ao calor, o que significa que grande parte do nutriente se perde ao ser cozido. Sendo assim, a melhor forma de consumir fontes de betacaroteno seria cru, como a cenoura. No caso da abóbora, não é tão comum encontrar preparações que leve o alimento in natura como ingrediente, no entanto é possível fazer saladas e sucos com abóbora crua.

Para não estranhar o gosto, rale o legume bem finamente para usar na salada, por exemplo. Mas se a opção cozida lhe agrada mais, não tem problema: pratos refogados, como quibebe, recheios de tortas, sopas, purês, doces e muitas outras receitas ficam deliciosas tendo a abóbora como ingrediente principal. Para o prato ficar ainda mais nutritivo, faça uso das sementes e cascas, devidamente higienizados.

recipiente-branco-sopa-abobora-folhas-verdes

FOTO: Shutterstock

Qual a quantidade ideal?

Ela é fonte de carboidrato e, por isso, não deve extrapolar a quantidade indicada desse nutriente na hora de montar o prato. A regra geral na nutrição é que metade do prato seja formado por verduras, enquanto a outra metade seja dividida entre fontes de proteínas e carboidratos.

Assim sendo, não mais que 1/4 da refeição deve ser formada pela receita que leva o legume. Isso, claro, se não houver outra fonte de carboidratos na mesma refeição, como batata, arroz e massas. “Duas colheres (sopa) já promovem benefícios à saúde. Caso a abóbora seja a única fonte de carboidrato no prato, essa quantidade poderá ser aumentada, de acordo com o objetivo de cada um”, afirma a nutricionista Angelina Zapponi.

Texto Natália Negretti

Consultoria Angelina Zapponi, nutricionista

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.