Adestramento de Pets: quando a ajuda profissional é necessária?

Um especialista explica quando é preciso pedir ajuda a um profissional no adestramento do nosso amiguinho. A convivência é o mais importante!

None
Foto: ShutterStock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/07/2017 às 18:07
Atualizado às 13:41

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ao adotar um pet nos deparamos com uma série de dúvidas. Será que estamos preparados para receber um bichinho novo em casa? Será que saberemos educa-lo? Pois é! E quando se trata de educação, é bom ter ao seu lado a ajuda profissional. Mas quando ela é necessária?

Para o médico veterinário Marcos Eduardo Fernandes, mestre em saúde pública pela USP (Universidade de São Paulo), muitas vezes o adestramento é necessário para um bom convívio entre o animal e as pessoas que se relacionam com ele. Mas ainda assim, nem sempre o problema é o animal, e sim o dono. “Desconhecemos como os animais “funcionam”, até porque as pessoas são leigas com relação ao manejo deles”, explica o especialista. Essa premissa é usada inclusive na hora de adestrar o pet. “É por isso que um bom adestrador inicia seu trabalho orientando as pessoas que convivem com o animal. Um bom relacionamento é tudo!”, destaca o veterinário.

Portanto, é importante saber lidar com seu animalzinho para que o convívio entre vocês seja saudável, em caso de duvidas, procure a ajuda de um profissional.

LEIA TAMBÉM