ESTILO DE VIDA

Abdome chapado: hábitos do dia a dia que ajudam a secar as gordurinhas

Adquirindo hábitos como estes no dia a dia, é muito mais fácil chapar o abdome e ter a silhueta que você sempre sonhou! Confira dicas de profissionais

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/04/2017 às 19:30
Atualizado às 16:44

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você está de dieta, mas, mesmo assim, não consegue se livrar das dobrinhas no abdome? Listamos alguns itens que devem ser considerados na jornada contra a barriga saliente e que irão ajudá-la a conquistar a silhueta dos sonhos!

Sempre hidratada!

Ingerir, pelo menos, dois litros de água por dia é fundamental para limpar o organismo das toxinas e, assim, reduzir o inchaço. A bebida atua no funcionamento de todo o organismo, ajuda a regular o intestino e ainda garante a queima calórica, já que o corpo precisa trabalhar para processar o líquido.  “Estando gelada, a queima é ainda mais significativa, com aumento do gasto calórico de até 4,5% até uma hora após bebê-la”, explica a nutricionista Marcela Gattaz.

Coma fibras

Elas fazem com que o intestino funcione regularmente, evitando a distensão abdominal típica da prisão de ventre. Além disso, essa substância contribui para a eliminação de gorduras, impedindo que elas se acumulem no abdome.

Mulher correndo com o abdome chapado

Foto: Shutterstock.com

De olho na postura

De acordo com o endocrinologista Flávio Mudruga, a postura incorreta muitas vezes é causada pelo excesso de gordura, abdome alto e gordura localizada. Faça o teste no espelho e observe se, melhorando a postura, já é possível diminuir também o tamanho da barriga, e passe a corrigir suas posições no dia a dia.

Menos sal no prato

O consumo exagerado de sódio aumenta a pressão arterial, podendo desencadear diversas desordens cardiovasculares, além de causar a retenção de líquidos, responsável por alterar as medidas do corpo e por render alguns quilinhos a mais na balança. E controlar apenas o sal de cozinha não basta, já que o sódio está presente em grande quantidade nos alimentos industrializados.

Abuse do abdominal

“Exercícios localizados, como o abdominal, fortalecem a região da barriga e enrijecem os músculos, auxiliando na queima de gordura localizada”, explica a nutricionista Cláudia Moraes. Comece com séries leves, de 12 repetições, e vá progredindo conforme seu preparo físico melhora. Antes de se exercitar, consulte um médico e faça todos os exames necessários.

Texto: Mariana Siqueira/Colaboradora | Consultoria: Cláudia Moraes, consultora em nutrição da Kanguruh Terceira Idade, de Jundiaí (SP); Flávio Mudruga, endocrinologista, especialista ortomolecular e membro efetivo da Associação Brasileira de Nutrologia e da Associação Brasileira de Estudos da Obesidade e Marcela Gattaz, nutricionista

LEIA TAMBÉM