7 truques para desenvolver a memória!

Diferentemente dos exercícios para desenvolver a musculação, as atividades para melhorar a memória não exigem grandes esforços.

None
FOTO: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/08/2016 às 21:00
Atualizado às 11:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ter uma memória turbinada facilita e muito nosso dia a dia. Sempre sair de casa sem ter que voltar pra pegar algo que lembrou no meio do caminho ou ter aquela resposta na ponta da língua quando fizer uma prova… Parece muito vantajoso, não é mesmo? E, para ter essas capacidades não é necessário muito esforço. Basta exercitar a memorização diariamente com atividades que já fazem parte da sua rotina.

Melhore sua memória com dicas simples

1. Leia
Inclusive, a leitura é uma das melhores maneiras de estimular a memória. Uma dica é fazer resumos do que você lê, pois, assim, melhora sua capacidade de guardar conteúdos mentalmente.

2. Compreenda
Memorizar apenas pela repetição é um grande erro, já que você fica sujeito aos “brancos” e a esquecer tudo de repente. O ideal é compreender o assunto e, assim, se situar em todo o conceito ao redor do que você precisa saber sobre.

3. Pequenas mudanças
Manter uma rotina é importante para a memorização, porém, corre-se o risco de “cair no automático” e fazer tudo sem pensar direito. Para evitar esse problema, realize pequenas mudanças no seu dia a dia. Por exemplo: teste um novo caminho para ir ao trabalho, conheça um novo restaurante, escove os dentes com a mão que costuma não usar, etc.

mulher pensando - memória

FOTO: Shutterstock Images

“Uma maneira de enrijecer e envelhecer a memória e o cérebro é fazer sempre o mesmo, da mesma maneira, monotonamente. Fazer as coisas de um jeito novo e diferente estimula nosso cérebro, enriquece as redes neurais, gera aprendizagem e fortalece a memória”, afirma o médico e psicólogo Roberto Debski.

4. Não se auto medique
O uso de remédios sem prescrição médica pode trazer diversos problemas à saúde, entre eles, alguns ligados à memória. Além disso, certos medicamentos para dormir podem afetar a capacidade de memorização. Converse com seu médico a respeito.

5. Medite
A meditação tem efeitos benéficos na melhora da concentração e na memorização. Quem medita tem as fibras chamadas axônios, que funcionam como conexões entre diferentes pontos do cérebro, estruturadas de forma diferente. São essas mesmas conexões que proporcionam um desempenho cerebral mais ágil e que se desfazem diante de males como Alzheimer, ou mesmo naturalmente com o passar dos anos.

6. Cuide do ambiente
O local onde você faz suas tarefas influencia bastante nos seus estímulos e como a memorização é feita. Assim, procure manter um ambiente organizado, silencioso e iluminado. Isso serve para estudos, trabalho, leitura…

7. Rabisque
Sabe aquela mania que algumas pessoas têm de rabiscar um pedaço de papel enquanto escuta alguém falar, seja no telefone ou em palestras? Trata-se de uma tática eficaz de memorização! Estudos indicam que rabiscar enquanto se recebe informações não visuais aumenta a capacidade da memória.

Saiba mais!

É possível criar memórias falsas?

Saiba como estimular o cérebro e proteger a memória

10 passos para manter as lembranças por mais tempo

Texto: Natália Negretti – Edição: Giovane Rocha/Colaborador

Consultoria: Roberto Debski, médico e psicólogo

ASSINE NOSSA NEWSLETTER