5 sinais da ansiedade que merecem atenção

A ansiedade apresenta diversos sinais de que seu organismo não está em ordem. Veja os principais sintomas e como eles se manifestam no corpo

None
Foto: iStock/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/10/2016 às 18:50
Atualizado às 11:41

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando o assunto é a ansiedade, os sintomas clássicos podem ser identificados com facilidade pelo portador.  A seguir, você confere 5 dos principais sintomas do problema e descobre como eles se manifestam.

Mulher que tem ansiedade comendo guloseimas que estavam na geladeira

Foto: iStock/Getty Images

Desespero frequente

Geralmente, a pessoa que sofre com ansiedade excessiva tende a se desesperar até mesmo em situações mais simples do cotidiano, fazendo uma verdadeira tempestade em copo d’água. “A forma mais imediata é observar o comportamento da pessoa: via de regra, o ansioso é impaciente, apressado, fala mais rápido que o normal e, às vezes, é compulsivo. Com frequência atropela os acontecimentos. Muitas vezes quer fazer várias coisas ao mesmo tempo ou mudar rapidamente para uma atividade sem ter acabado plenamente a anterior”, explica o professor do curso de formação de instrutores de yoga integrado do grupo Zênite, Arlindo Fiorentin.

Medo de morrer

A ideia de que uma doença pode estar lhe acometendo ou um desastre pode acontecer a qualquer momento também faz parte dos pensamentos de quadros ansiosos. “Medo, insegurança, expectativas e preocupações em excesso acontecem em casos mais agudos”, completa o terapeuta Adriano Saran.

Organização excessiva

Muita gente tem mania de limpeza e de organização, e isso é normal. No entanto, quando pequenos detalhes passam a atrapalhar a rotina da pessoa e irritá-la com frequência, pode ser que a ansiedade esteja passando dos limites.

Compulsão alimentar

O estresse e a ansiedade, na maioria dos casos, estão relacionados com a compulsividade à mesa. “A ansiedade pode ser desencadeada por outros fatores. Assim, alimentos de alto índice glicêmico, como os doces, por meio de um efeito rebote da glicose no sangue, podem levar à hipoglicemia, e esta, à ansiedade. Deficiências de minerais, como magnésio (que é calmante), cromo e cálcio, também podem favorecer os estados de ansiedade”, conta Fiorentin.

Falta de concentração

Se perder na leitura ou no que uma pessoa lhe diz com frequência pode ser um sinal de que a mente não anda bem. “Uma característica é estar fora do ‘aqui e agora’, pois os pensamentos se projetam muito para o depois, o futuro”, frisa o professor.

LEIA TAMBÉM:

Texto: Paula Santana – Edição: Augusto Biason/Colaborador

Consultorias: Adriano Saran, terapeuta; Arlindo Fiorentin, professor do curso de formação de instrutores de yoga integrado do grupo Zênite; Luciana Kotaka, psicóloga; Sheila Gutierrez, terapeuta e homeopata.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.