ESTILO DE VIDA

Tire suas dúvidas: 5 perguntas e respostas sobre bruxismo

O problema afeta 15% da população e está associado à dores de cabeça, nuca e até costas. Confira 5 questões sobre bruxismo e tire suas dúvidas.

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/08/2016 às 20:57
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Bruxismo vem do grego e significa ranger os dentes. Na medicina, é definido como uma resposta psicofisiológica caracterizada pelo apertamento/deslizamento dos dentes entre si, sem objetivos funcionais. Veja 6 questões sobre o problema e tire suas dúvidas!

Mulher, mostrando dentes

Foto Shutterstock.com

1. Qual a causa do bruxismo?

Segundo a dentista Alessandra Mazzoni, o principal motivo está relacionado ao estresse, fadiga física e emocional. “Porém, clinicamente observa-se que pacientes que fizeram algum procedimento odontológico mal finalizado ou têm algum problema odontológico, sofrem com um ajuste inadequado da mandíbula e a pessoa fica o tempo todo tentando achar uma posição confortável para a boca”, explica. As causas emocionais são mais comuns ao bruxismo noturno, segundo ela, o mais grave e frequente.

2. O bruxismo também pode ser manifestado quando a pessoa está acordada?

Sim. Alessandra afirma que esse tipo de ocorrência está, geralmente, ligada a um tique que o indivíduo tem, como ficar mexendo o maxilar em movimentos semivoluntários enquanto está usando o computador. Porém, a especialista destaca que os tiques noturnos são mais prejudiciais.

3. Quais os sintomas?

Desgaste no esmalte, microfissuras e dentes retos são alguns sinais clínicos que o dentista pode observar na hora da consulta. “Quem mais consegue diagnosticar, inicialmente, é o próprio paciente. Perceber que há uma tensão na região do pescoço, dor nos ombros, dor de cabeça e, às vezes, até dor nos dentes, quando acorda, pode ser um alerta”, indica Alessandra.

Saiba mais:

Saúde bucal pode ser prejudicada pela obesidade

Os perigos do cigarro para a saúde e beleza

Quando é indicado tirar o dente do siso

4. Existe tratamento?

Mulher, colocando alinhador transparente, tratamento dentário

Foto Shutterstock.com

Sim, sendo o principal o uso de uma placa interoclusal, rígida, com formato anatômico, feita para cada pessoa. Geralmente, é usada à noite, mas também pode ser utilizada durante o dia. Evita a contração muscular, auxiliando no relaxamento. A placa ainda protege os dentes, pois impede o contato entre eles.

5. O que acontece se não for tratado?

Alessandra frisa que podem surgir problemas orofaciais, aqueles que ocorrem fora da cavidade bucal. Enrijecimento da nuca, cefaleia e dores nas costas são os mais comuns. “Pesquisas mostram que pessoas que têm distúrbio na coluna têm bruxismo associado”, informa. Já dentro da boca, os problemas podem ser desgaste do esmalte, perda de altura dos dentes e fraturas em dentes mais frágeis.

Texto Amanda Dias | Consultoria Alessandra Mazzoni, dentista