5 dicas práticas para melhorar a digestão para sempre!

Você sofre com problemas de digestão? Saiba que alguns cuidados diários são suficientes para amenizar o problema e dar adeus à sensação de desconforto!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 12/12/2016 às 13:06
Atualizado às 12:56

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você sabia que alguns pequenos cuidados diários já são suficientes para acabar com os problemas de digestão? Aposte nessas dicas para dar adeus à sensação de desconforto e e aumentar o bem-estar!

Salada mesa refeição digestão

Foto: iStock.com/Getty Images

 1. Alimente-se com calma

Alimente-se em local apropriado e tranquilo. Não coma em pé ou andando”, sugere a nutricionista Vanessa Pimentel. Esse é o primeiro passo para você prestar atenção na mastigação e na quantidade (e qualidade!) do que está ingerindo.

2.  Capriche na mastigação

De acordo com a nutricionista Lenita Borba, a mastigação inadequada pode levar a problemas como gastrite e refluxo. “Quando engolimos pedaços mal mastigados de comida, o estômago precisa fazer um esforço maior para triturá-los”, afirma Lenita.

Copo água gelada digestão

Foto: Shutterstock

3.  Não beba líquidos durante as refeições

Bebidas diluem o suco gástrico (que é importante para o processo digestivo) e, consequentemente, retardam a digestão. Por isso, consuma água 30 minutos antes de ingerir o resto dos alimentos.

4. Descanse após comer

Mas atenção: sem deitar! Isso porque a posição de repouso facilita o refluxo. Da mesma forma, evite se exercitar logo após as refeições, momento em que ainda há ácidos gástricos no estômago – e que podem voltar ao esôfago mediante movimentos bruscos.

5. Hidrate-se!

Essencial para o funcionamento de todo o organismo, a água é importante também para a digestão. A nutricionista Cintya Bassi explica: “A bebida ajuda na formação de enzimas digestivas, da saliva e do suco gástrico. Na desidratação, o volume de sangue diminui e o transporte de nutrientes fica mais lento”.

Texto: Redação Alto Astral

Consultoria: Cintya Bassi; Lenita Borba; Vanessa Pimentel, nutricionista

LEIA TAMBÉM: