ESTILO DE VIDA

10 dicas infalíveis para melhorar sua alimentação

Com as 10 dicas a seguir, você aprende a reeducar não só a sua alimentação, mas também o dia a dia, aderindo a hábitos mais saudáveis para turbinar o bem-estar

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/09/2016 às 17:59
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Além de afinar a silhueta, a reeducação alimentar ainda conta com outras vantagens excelentes para a saúde. “Simplesmente pelo fato de você reeducar a alimentação e deixar de lado os maus hábitos, o funcionamento do seu organismo é otimizado, sendo assim, as pessoas têm mais tendência a se sentirem dispostas e com maior sensação de bem-estar”, comenta a geneticista Clara Kubelka. Sem contar que uma série de males podem ser evitados com essa mudança de rotina:diabetes, colesterol alto, osteoporose, depressão e obesidade são alguns deles.

Com as 10 dicas a seguir, é possível se inspirar e aprender a reeducar não só a alimentação, mas também o dia a dia, aderindo a hábitos mais saudáveis para turbinar o bem-estar.

dicas-infaliveis-para-melhorar-alimentacao

FOTO: Shutterstock

Saiba mais!

5 motivos para aderir a uma reeducação alimentar

O que levar à mesa durante a gestação

Óleos saudáveis para levar à mesa

1- Procure distinguir entre fome e vontade de comer

Fatores psicológicos, como a ansiedade, podem contribuir para a compulsão alimentar. Por isso, tente realizar as refeições sempre respeitando os horários e ingira muitas fibras, a fim de manter a saciedade prolongada por mais tempo. E atenção: não permaneça mais de três horas com o estômago vazio, ok?

2- Não tenha sonhos impossíveis em relação ao peso

Estabeleça objetivos realistas. Dessa forma, fica mais fácil atingir sua meta!

3- Concentre-se em seu comportamento e não nos quilos que deseja eliminar

Muitas vezes, atingir o peso esperado pode demorar um pouco. Por isso, estabeleça na agenda dias especiais para as “pesagens” (pode ser a cada duas semanas ou a cada mês, por exemplo).

4- Mantenha um diário alimentar

Planeje com antecedência o que for ingerir no almoço, jantar e lanches para que, na hora em que a fome bater, as comidas prontas e cheias de malefícios (como fast-food e congelados) passem bem longe do cardápio! Não faça nada diferente enquanto come, como assistir à televisão ou usar a internet. Essas atitudes podem causar distrações e levar ao consumo de mais quantidade de comida do que deveria.

dicas-infaliveis-para-melhorar-alimentacao

FOTO: Istock.com/GettyImages

5- Não se culpe: cometer alguns deslizes no meio do caminho é normal

O mais importante de tudo é não desistir diante da primeira dificuldade. Lembre-se: a reeducação alimentar é uma mudança de hábitos e seus benefícios irão durar por toda a vida!

6- Mastigue os alimentos devagar

Essa atitude faz toda a diferença no que remete à saciedade, pois o cérebro demora cerca de 30 minutos para emitir o sinal de que o estômago está satisfeito.

7- Prepare-se com antecedência para eventos especiais

Se for a uma festa no sábado, controle-se mais no decorrer da semana ou coma algo leve antes de sair de casa – como uma salada -, para não chegar ao local com muita fome.

8- Jamais coma andando ou sentado ao sofá

O correto é se sentar à mesa, pois, dessa forma, você presta mais atenção na quantidade e na qualidade do alimento que está consumindo.

9- Jamais vá ao supermercado em jejum ou com fome

Essa atitude pode induzir a comprar alimentos desnecessários ou calóricos demais, como guloseimas.

10- Busque ajuda especializada

Um nutricionista poderá adequar as melhores refeições para você de acordo com sua rotina e perfil. Conte com esse ponto a mais e torne esse processo mais fácil!

Consultoria Clara Kubelka, geneticista