Escarola: conheça o que essa verdura saborosa pode fazer por você!

A escarola é considerada uma das verduras mais ricas nutricionalmente e saborosas, podendo estar presente em sopas, refogados e na salada diária

Por Paula Santana - 27/01/2017
escarola-saude-alimentacao-beneficios

FOTO: Shutterstock

Por conter folhas verdes-escuras, a escarola ganha pontos extras: “Ela tem ações interessantes como neutralizante de ácidos, laxante, evita infecções, purifica o sangue, elimina manchas na pele, favorece o funcionamento do estômago e da vesícula biliar”, destaca a nutricionista Luana Vasconcelos. Ainda reúne diversas vitaminas, que deixam seu organismo mais saudável e leve. Confira!

escarola-saude-alimentacao-beneficios

Foto: Shutterstock

Vantagens à mesa

Ela pode ser amarga, mas ainda sim muito saborosa. A escarola é uma verdura que possui boa quantidade de celulose, importante fibra que ajuda a estimular o intestino, fazendo-o funcionar feito um reloginho. Vitamina A também tem de sobra. Ela fortalece o organismo e o mantém protegido de infecções, além de blindar a visão. A escarola ainda possui minerais, como cálcio, ferro e fósforo. “O cálcio participa da formação e manutenção dos ossos e dentes, auxilia na coagulação do sangue e transmissão dos impulsos nervosos. O ferro faz parte da formação da hemoglobina, encarregada de levar oxigênio a todos os tecidos do organismo”, detalha a nutricionista. A escarola ainda conta com as vitaminas do complexo B, principalmente B2 e B5, importantes para a saúde da pele, para o crescimento e para o fortalecimento dos sistemas digestivo e nervoso.

 

No prato!

Para não perder os benefícios da escarola, prefira consumi-la crua, em saladas. Mas se você preferir refogada, deixe-a cozinhando no vapor. Por ser de fácil digestão, ela é indicada em dietas de emagrecimento e para bebês. Outras formas de incluí-la no cardápio são: em forma de recheio de pizzas, sopas, purês ou caldos. Pode ser guardada em geladeira por até sete dias. Se estiver murcha, a dica é deixá-la em um recipiente com água gelada por 20 minutos. Enxágue em seguida e estará pronta para ser consumida.

Consultoria:  Luana Vasconcelos, nutricionista

 

LEIA TAMBÉM