Ervas: conheça os diferentes tipos e suas funcionalidades no organismo

Para um bom chá, é preciso saber escolher os ingredientes certos! Conheça os tipos diferentes de ervas, suas contraindicações e funções!

ervas-chas
FOTO: iStock.com/Getty Images

Para cada problema, uma erva surge como solução. Claro que não como medida única, mas como uma aliada do tratamento. “As ervas têm inúmeros benefícios como, por exemplo, aumentar a imunidade, combater bactérias nocivas ao sistema digestório, controlar o colesterol, colaborar na digestão, ação anti-inflamatória, ação calmante, combater enjoos e náuseas, entre outros”, atesta o nutricionista Leonardo Canellas. A seguir, listamos os principais presentes da mãe natureza para promover bem-estar.

ervas-chas

Foto: iStock.com/Getty Images

Ervas calmantes

  • Camomila (Chamomilla recutita): a flor é contra a ansiedade e reduz o desejo por doces e carboidratos. Ela também auxilia no emagrecimento porque facilita a digestão e reduz a formação de gases, além de combater azia e gastrite. Contraindicação: pessoas com pressão baixa.
ervas-camomila

Foto: iStock.com/Getty Images

  • Melissa (Melissa officinalis): por ser um poderoso calmante, combate insônia, tensões nervosas e ansiedade. Contribui na dieta por controlar o apetite. Auxilia no tratamento da enxaqueca e em febres e resfriados. Contraindicação: gravidez, baixa atividade da tireoide, glaucoma e próstata.

 

Ervas digestivas

  • Boldo (Plecthantus barbathus): ajuda na digestão de gorduras e, por isso, favorece o funcionamento do fígado. Também é indicado para ressaca e tratamento de pressão baixa. Tem ainda ação laxativa e atua no combate à prisão de ventre.
    Contraindicação: pessoas com úlceras ou gastrite.
ervas-hibisco

Foto: iStock.com/Getty Images

  • Hibisco (Hibiscus subdariffa): combate a retenção hídrica e ajuda a eliminar o excesso de gordura no corpo. Também possui ação antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce e algumas doenças.
    Contraindicação: gestantes e lactantes.

 

Ervas Estimulantes

  • Alecrim (Rosmarinus officinalis): essa erva aromática é indicada para aliviar a ansiedade e evitar o consumo compulsivo por comida. Também combate o cansaço físico, problemas digestivos, cólicas menstruais, artrite e artrose.
    Contraindicação: gestantes, insones e em casos de doença inflamatória da pele.
ervas-alecrim

Foto: Shutterstock

  • Carqueja (Baccharis trimera): melhora o organismo, ajudando na digestão e no funcionamento do fígado, regula o nível de açúcar no sangue e elimina as toxinas do corpo.
    Contraindicação: gestantes e lactantes.
  • Jasmim (Jasminum sambac): é considerado um antidepressivo natural, além de combater a ansiedade e a fome fora de hora. Também atua no combate ao colesterol e alivia dores de cabeça.
    Contraindicação: desarranjo intestinal e tremores.

Ervas Termogênicas

  • Chá verde, branco, vermelho, preto e amarelo (Camellia sinesis): a origem desses chás é a mesma, o que difere é a época da colheita e o processamento da planta, que modifica o sabor e as propriedades. Entretanto, todas são responsáveis por acelerar o metabolismo e diminuir as gorduras localizadas. Também são fontes de vitaminas e minerais, além de polifenois – substâncias associadas à prevenção de doenças cardiovasculares e câncer. Por conter cafeína, é recomendado o consumo do chá até as 17h para não prejudicar o sono.
    Contraindicação: gestantes, lactantes, doentes renais e casos de hipertireoidismo.
ervas-hortela

Foto: Shutterstock

  • Hortelã (Mentha piperita): além de possuir propriedades calmantes, ela também é um termogênico natural e também tem ação digestiva, impede a formação de gases, controla a ansiedade, a fome compulsiva e a vontade de comer doces. Ainda tem ação vermífuga.
    Contraindicação: crianças que ainda mamam, gestantes, pessoas que sofrem de enxaqueca ou sudorese excessiva, insones, quem possui pedras no rim e refluxos ácidos.

 

Texto Redação Alto Astral

Consultoria Leonardo Canellas, nutricionista

Fonte Livro Tratado das plantas medicinais mineiras, nativas e cultivadas, de Telma Sueli Mesquita Grandi

 

LEIA MAIS