Você sabe o que aconteceu com João após a morte de Cristo?

Pouco se sabe sobre o que aconteceu aos apóstolos de Jesus após sua morte. João, por exemplo, foi exilado e viveu até os cem anos

None
São João, que foi um dos únicos discípulos que não martirizados após a crucificação de Jesus. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 14/10/2016 às 16:09
Atualizado às 18:42

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Em diversas passagens da Bíblia é perceptível a falta de detalhes sobre a história de alguns personagens. Um desses casos é o que diz respeito ao destino que tiveram os 12 discípulos de Jesus, após a crucificação de seu mestre. A não ser por João e Mateus, que têm seus próprios evangelhos no livro sagrado, as fontes sobre o paradeiro dos outros apóstolos após a ressurreição de Cristo são escassas.

São João, túnica branca, livro na mão

São João, que foi um dos únicos discípulos que não martirizados após a crucificação de Jesus. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

Vida longa

João, conhecido como o “discípulo amado”, talvez tenha tido mais sorte que seus companheiros. Ele residiu na região de Éfeso (costa ocidental da Ásia Menor), onde fundou diversas igrejas. Ao contrário da maioria dos outros discípulos, que acabaram sendo assassinados ao sair pregando a palavra de Deus, João foi preso, em 89 d.C., pelo imperador Domiciano. Depois, foi condenado ao exílio em uma ilha, na qual ocorreram suas visões presentes no livro do Apocalipse. Após o cumprimento de sua pena, retornou a Éfeso, local em que faleceu de causas naturais aos 100 anos.

LEIA TAMBÉM

Texto: Érica Aguiar Edição: João Paulo Fernandes