Você sabe como o Big Bang formou os elementos? Confira!

Devido à imensa quantidade de energia liberada no momento da criação do Universo, o Big Bang foi também o responsável por formar os elementos químicos

None
A imensa quantidade de energia liberada pelo Big Bang na criação do Universo promoveu também a constituição dos primeiros elementos químicos. FOTO: Reprodução

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/12/2016 às 17:35
Atualizado às 16:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Qualquer pessoa que já tenha visto uma tabela periódica reparou que existem dezenas de elementos diferentes. Porém, se nós não podemos alterar a estrutura do núcleo de um elemento e os átomos se combinam formando moléculas, e não novos elementos, como a enorme variedade de átomos do cosmo surgiu?

Big Bang, explosão, formação do Universo

A imensa quantidade de energia liberada pelo Big Bang na criação do Universo promoveu também a constituição dos primeiros elementos químicos. FOTO: Reprodução

Esclarecendo as coisas

Para responder a essa pergunta, é preciso esclarecer que é possível, sim, mudar o núcleo de um elemento. É o que acontece na bomba atômica, por exemplo. Porém, para que isso ocorra, é necessária uma quantidade imensa de energia. Quantidade esta que estaria disponível no momento do Big Bang, por exemplo, conforme explica o professor Rodrigo Nemmen. Assim, cerca de 10 mil anos após o Big Bang, quando o Universo esfriou, surgiram os primeiros átomos de elementos leves, como o Hidrogênio, o Hélio e o Lítio, em um processo chamado nucleossíntese.

galáxia, Universo, espaço

Com a evolução do Universo, foram surgindo os elementos mais complexos. FOTO: Reprodução

Rodrigo comenta também que os elementos mais pesados e complexos, todos os outros presentes na tabela periódica, se formaram com a evolução do Universo. A energia necessária para a quebra dos núcleos atômicos veio da explosão de supernovas.

LEIA TAMBÉM

Texto: João Paulo Fernandes Consultoria: Rodrigo Nemmen, professor de astrofísica da Universidade de São Paulo (USP)

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.