As teorias conspiratórias em torno dos atentados de 11 de setembro

As diversas lacunas e falhas apresentadas nos documentos e relatos oficiais sobre os atentados de 11 de setembro abriram espaço para diversas especulações

None
FOTO: Reprodução/Ken Tannenbaum e Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/09/2016 às 06:00
Atualizado às 18:25

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Que os ataques ao World Trade Center e ao Pentágono, em 11 de setembro de 2001, foram um ato de terrorismo, não há dúvidas. Já quanto à autoria dos atentados, tudo pode ser mais complicado. As lacunas da versão oficial e a dimensão do crime abriram espaço para especulações sem fim. Dentro e fora dos Estados Unidos, imediatamente após os acontecimentos, começaram a emergir análises independentes bastante divergentes das explicações dadas pelo governo do país.

torres gêmeas, destruição, atentado, 11 de setembro

Questionamentos ainda sem respostas colocam em dúvida a real autoria dos ataques ocorridos em 11 de setembro de 2001. FOTO: Reprodução/Larry Bruce e Shutterstock.com

Relatório polêmico

Logo após os fatos, uma comissão formada  por quase uma centena de pessoas, a maioria ligada ao National Institute for Standards and Technology (Nist), liderada por cinco parlamentares democratas e mais outros cinco republicanos, foi encarregada de investigar o caso.

Depois de dois anos, a comissão publicou um relatório de 450 páginas baseado em milhões de documentos e cerca de 1.200 entrevistas. No entanto, o relatório é considerado inconsistente por muitos especialistas e teria falhas e omissões grotescas, como o fato de não mencionar o colapso de um terceiro edifício, a torre WTC7, que desabou cerca de sete horas depois das torres gêmeas, sem ter sido atingida por nenhum avião.

A queda do prédio de 47 andares foi atribuída a incêndios provocados indiretamente pela destruição das vizinhas torres gêmeas. O problema é que as imagens da queda do edifício – facilmente encontradas no YouTube -, parecem mostrar que se tratou de uma implosão controlada.

Suspeitas, não teorias

Por essas e outras lacunas, são inúmeras as teorias da conspiração em torno dos atentados. A mais difundida é a de que estes foram planejados e executados – com muitas falhas, inclusive -, pelo próprio governo norte-americano, para justificar as guerras que se seguiriam, consideradas estrategicamente vitais para as pretensões de consolidar uma Nova Ordem Mundial, liderada pelos Estados Unidos, é claro.

atentados, 11 de setembro, destruição, bandeira dos Estados Unidos

A principal suspeita acerca dos atentados é de que os mesmos tenham sido executados pelo próprio governo norte-americano. FOTO: Reprodução/Rena Schild e Shutterstock.com

Para além das teorias fantasiosas, o documentário Fahrenheit 9/11, dirigido por Michael Moore, lança inúmeras dúvidas sobre os fatídicos acontecimentos, assim como o site 911Truth.com, criado por investigadores sérios e independentes – a equipe do site conta com arquitetos, engenheiros e químicos -, e lista centenas de perguntas não respondidas pelo relatório do Nist, sem assumir, contudo, uma tese conspiratória. O fato de a Al Qaeda e o Taleban terem recebido apoio dos EUA durante a invasão russa ao Afeganistão e o de as caixas-pretas de todos os voos envolvidos nos atentados terem simplesmente desaparecido são alguns dos principais questionamentos, e os que mais instigam esses investigadores.

Jogo profético

Em 1995, a empresa norte-americana Steve Jackson Games lançou um jogo de RPG chamado Illuminati New World Order (INWO) que, como muitos outros, serviria apenas para distração de adolescentes nerds. No entanto, o teor profético de algumas cartas é assustador e o jogo passou a ser apontado como evidência da conspiração das conspirações. Duas cartas mostram os atentados terroristas contra o WTC e o Pentágono, que ocorreriam apenas em 2001 – seis anos após o lançamento do jogo -, com imagens de uma semelhança impressionante com o ocorrido na vida real.

jogo, INWO, caixa, rpg, tabuleiro

O jogo Illuminati New World Order (INWO), considerado por muitos a principal evidência sobre a conspiração por trás dos atentados do 11 de setembro. FOTO: Divulgação

SAIBA MAIS

Relembre atentados terroristas recentes

Iluminados e conspirações sobre a Nova Ordem Mundial

Texto: David Cintra Edição: João Paulo Fernandes