Você sabe o que significa solitude? Saiba mais!

A solitude consiste em a pessoa escolher viver sozinha, o que pode ser muito bom, pois tal escolha é fruto da autovalorização e do amor próprio

None
A solitude é facultativa, ou seja, quem escolhe viver nela pode, a qualquer momento, procurar alguém para compartilhar seus sentimentos caso não esteja se sentindo bem sozinha. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 14/10/2016 às 15:06
Atualizado às 18:42

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A palavra solitude foi criada pelo sociólogo Paul Tillich para que todas as pessoas pudessem expressar a glória e a felicidade em estarem sozinhas. Tom Jobim, ao contrário da ideia expressada por Paul, idealizou na música Wave que “é impossível ser feliz sozinho”, terceirizando ainda mais que a responsabilidade pela felicidade está no outro, somente dividida.

casal, mãos dadas, praia

Ainda é muito difundido o pensamento de que, para se alcançar a felicidade, é necessário construir uma vida a dois. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

Tom estava errado

A socióloga Erin Cornwell, da Universidade Cornell, em Ítaca, Nova York, estudou pessoas acima dos 35 anos que moram sozinhas. Durante suas pesquisas, Erin comprovou que elas fazem mais programas com os amigos. Compartilhando da mesma ideia, a pesquisa do sociólogo Benjamin Cornwell publicada na American Sociological Review aponta que pessoas que vivem sozinhas têm mais amigos. Se Jobim estivesse vivo, talvez repensasse a letra da canção.

amigos, praia, sol, areia

Segundo estudos, pessoas que escolhem viver em solitude têm mais amigos. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

Para o médico e psicólogo Roberto Debski, a solitude é um estado no qual a pessoa chega a uma condição altíssima de autoconhecimento e aceitação, ao mesmo tempo em que sabe desfrutar muito bem da companhia de outras pessoas. “A solitude é boa. Parte de um sentimento de amor próprio e autovalorização, pois quem a possui gosta de estar com outros e de compartilhar, ou seja, tem muito que dar emocionalmente”, ressalta Debski. É provável que uma vida inteira de solitude transforme-se em solidão. A maior graça da solitude é poder escolher, saber que ela é facultativa e que, quando o coração pedir por compartilhamento, haverá pessoas que ficarão felizes em oferecê-lo.

Mulher, sozinha, feliz, diversão

A solitude é facultativa, ou seja, quem escolhe viver nela pode, a qualquer momento, procurar alguém para compartilhar seus sentimentos caso não esteja se sentindo bem sozinha. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

LEIA TAMBÉM

Texto: Nathália Piccoli Edição: João Paulo Fernandes Consultoria: Roberto Debski, médico e psicólogo