Simone de Beauvoir: escritora, filósofa e feminista. Conheça sua história!

Uma das precursoras do feminismo, Simone de Beauvoir também se destacou como escritora e filósofa existencialista. Conheça melhor essa mulher inspiradora!

None
FOTO: Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 08/09/2016 às 14:38
Atualizado às 18:24

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Além de importante filósofa existencialista, Simone de Beauvoir é uma das precursoras do feminismo. Em sua época, discutiu a independência da mulher, o seu papel na sociedade e uma mudança nos relacionamentos entre os gêneros.

Seu livro O Segundo Sexo (1949) é considerado um manifesto do feminismo por relatar o contexto opressivo no qual a mulher estava inserida. Além disso, suas obras O sangue dos outros (1944) e Os mandarins(1954) adquiriram grande notoriedade. Ao lado do marido, Jean-Paul Sartre, também teve importante atuação política, principalmente em movimentos de Independência e contra a invasão dos Estados Unidos no Vietnã.

Simone de Beauvoir escritora filósofa  feminista

FOTO: Wikimedia Commons

Trajetória

Escritora, filósofa e feminista francesa do século XX, Simone de Beauvoir formou-se em letras e filosofia pela Universidade de Paris. Na ocasião, conheceu jovens intelectuais como Merleau-Ponty e Jean-Paul Sartre, que se tornaria seu grande companheiro. O casal, aliás, chegou a visitar o Brasil em 1960 para uma série de conferências. Simone morreu em 1986 devido a uma pneumonia.

SAIBA MAIS

Feminismo: uma trajetória de lutas pela igualdade entre os gêneros

Elisabeth I, a rainha que fez da Inglaterra uma potência mundial

Marie Curie: a primeira mulher da história a ganhar o prêmio Nobel

Texto: Redação / Edição: Érika Alfaro / Arte: Guilherme Laurente