ENTRETENIMENTO

Tomar remédio sem horário certo interfere no tratamento?

O que acontece quando a dose do seu remédio está atrasada ou, por algum motivo, você não poderá tomá-la no horário? Especialistas explicam!

None
FOTO: Reprodução/Pixabay

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/08/2016 às 17:45
Atualizado às 18:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

“Não tomar o remédio nos horários corretos interfere na concentração adequada desses princípios ativos na corrente sanguínea, sendo assim, intervalos muito longos entre as doses – por esquecimento do paciente – podem interferir em uma resposta terapêutica diminuída”, afirmam Claudia Becker e Maria Tereza Araújo, professoras do curso de Farmácia da Universidade Anhembi Morumbi.

remédio atrasado

Quem nunca bateu o olho no relógio e percebeu que a dose do remédio estava atrasada, que atire a primeira pedra. (FOTO: Reprodução)

Os medicamentos possuem uma janela terapêutica, ou seja, um tempo determinado de para agir no organismo. Quando esse tempo está terminando, o paciente precisa ingerir novamente o medicamento. Por isso que alguns são tomados de oito em oito horas, outros de doze em doze horas. “No caso de um antibiótico, por exemplo, se não for tomado nos horários certos, o efeito fica totalmente comprometido. Em caso de remédios para diabetes, são programados para serem tomados nos picos de açúcar no sangue, que são os horários próximos às refeições”, explica a farmacêutica Sarah Faria.

SAIBA MAIS

Qual é a melhor forma de ingerir um remédio em comprimido?

Ácido acetilsalicílico é bom para o coração e para o sangue?

Texto: Ana Beatriz Garcia Consultoria: Sarah Bastos Vieira Faria, farmacêutica e Claudia Becker e Maria Tereza Santos Araujo, professoras de Farmácia da Universidade Anhembi Morumbi.