Terapia reichiana: descubra como surgiu essa corrente da psicanálise

A terapia reichiana surgiu a partir dos trabalhos do psicanalista austríaco, naturalizado norte-americano, Wilhelm Reich.

None
FOTO: Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 14/09/2016 às 12:40
Atualizado às 18:27

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Wilhelm Reich, pai da terapia reichiana, foi um psicanalista austríaco, naturalizado norte-americano, e um dos discípulos dos estudos de Sigmund Freud.

Wilhelm Reich, pai da terapia reichiana

FOTO: Wikimedia Commons

No entanto, a abordagem de Reich – divergindo de Freud – foi muito mais atenta ao corpo e às formas não verbais de expressão de seus pacientes, como posturas, olhares, tom de voz, entre outros aspectos.

Wilhelm também dava grande atenção ao fato de desenvolver uma livre expressão dos sentimentos sexuaise emocionais dentro de um relacionamento amoroso.

Por meio da observação clínica, de acordo com o membro integrante do Núcleo de Psicoterapia Reichiana André Carvalho, o psicanalista podia, inclusive, “perceber quando o corpo dizia o que as palavras tentavam esconder, e explorava esses caminhos revelados pela linguagem corporal”.

SAIBA MAIS

Terapia humanista: Conheça essa corrente que aposta na liberdade

Terapia breve: os métodos e diferenciais dessa psicoterapia moderna

Consultoria: André Carvalho, doutor em História das Ciências e da Saúde pela Fiocruz (RJ) e membro integrante do Núcleo de Psicoterapia Reichiana (www.nucleopsic.org.br).

Texto: Érica Aguiar