A real história do Brasil: conheça os (in)Voluntários da Pátria

Engana-se quem pensa que aprendeu tudo sobre o Brasil nas aulas de História. Os livros escondem muitas histórias. Saiba mais sobre os Voluntários da Pátria

None
FOTO: Reprodução/Pixabay

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/09/2016 às 14:21
Atualizado às 18:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Durante a Guerra do Paraguai, em 1865, o Império não tinha contingente suficiente para vencer os frontes de batalha. Por isso, Dom Pedro II expediu um decreto apelando para que o povo brasileiro se “voluntariasse” para a guerra. Essas unidades militares ficaram conhecidas como Voluntários da Pátria. A questão é que os voluntários não eram assim tão voluntários. Alguns soldados foram obrigados a se alistar, além de opositores da Coroa que eram enviados aos campos de batalha à força.

distintivo voluntários da pátria

Distintivo de voluntário da pátria, usado no braço esquerdo do uniforme. (FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons)

Há quem diga que até mendigos foram enviados para a guerra. A presença de escravos também foi maciça, já que a Coroa Imperial prometeu alforria a escravos que se alistassem. Com isso, os vassalos fugiam em bando das fazendas para se recrutarem. Alguns ainda eram enviados no lugar de seus senhores. Já Dom Pedro II deu o exemplo e libertou todos os escravos das fazendas imperiais para lutar na guerra.

SAIBA MAIS

Quem foi Pagu? Conheça a história da militante política brasileira

Napoleão e a Família Real: perseguição que acabou em independência

Texto: Julia Prado Edição: Ana Beatriz Garcia