ENTRETENIMENTO

Quinta do herói: Entenda o recomeço da Marvel no pós-guerra

Nesta #QuintadoHerói, o portal Alto Astral fala sobre o recomeço da Marvel, que tentou se reerguer no mercado de quadrinhos após a guerra

None
FOTO: Tinseltown / Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/08/2016 às 17:55
Atualizado às 18:12

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Nesta #QuintadoHerói, o portal Alto Astral fala sobre o recomeço da Marvel, que tentou se reerguer no mercado de quadrinhos após a guerra.

O mercado americano de quadrinhos sofreu uma queda durante o período pós-guerra e a editora deixou de publicar a maior parte de seus sucessos. Tentando se reerguer, a Timely Comics apostou em gêneros nunca publicados antes, como horror, faroeste, humor e até esportes, mas, sem sucesso.

recomeço da marvel no pós guerra stan lee

FOTO: Tinseltown / Shutterstock

Foi graças às histórias de super-heróis que a editora DC Comics publicava durante o final da década de 50 – principalmente a Liga da Justiça –, que a Timely se recuperou. Lee, ao perceber todo o sucesso de sua rival, juntou-se a Jack Kirby e criou o Quarteto Fantástico, para dar início ao recomeço da Marvel. O diferencial? A realidade. Eles trouxeram as histórias mais próximas do dia a dia, com personagens humanos, que trabalhavam e tinham problemas rotineiros pessoais ou sociais, até mesmo o pagamento de contas atrasadas.

SAIBA MAIS

Quinta do Herói: a verdadeira história do Homem-Areia

Quinta do Herói: Coringa, o vilão psicótico de Batman

Quinta do Herói: você sabia que o vilão Magneto era judeu?

Texto: Nathália Piccoli Edição: Angelo Matilha Cherubini