ENTRETENIMENTO

Álgebra: entenda como funcionam as equações de 1º grau!

Temos uma equação de 1º grau quando a e b são números conhecidos e denominados coeficientes da equação e a é diferente de zero.

None
FOTO: IngramPublishing/OtherImages

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/11/2016 às 11:39
Atualizado às 18:40

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Equação é toda sentença matemática que exprime uma relação de igualdade e que possui uma ou mais incógnitas. As equações são caracterizadas de acordo com o maior expoente de uma das suas incógnitas. Ou seja, para a equação de 1º grau o maior expoente será 1 (x1 ou x) e para a de 2º grau será 2 (x2).

Incógnita a ser calculada (x):

x + 2 = 8 + 4

Sendo x + 2 o 1º termo e 8+4 o 2º termo

quadro negro, contas, equação de 1º grau

FOTO: IngramPublishing/OtherImages

EQUAÇÃO DE 1º GRAU

Temos uma equação de 1º grau quando a e b são números conhecidos e denominados coeficientes da equação e a é diferente de zero.

ax + b = 0 

Dica: os elementos constantes são sempre representados por números. Já os elementos variáveis são representados por letras. Para resolver uma equação, devemos separar os elementos variáveis dos elementos constantes. Para isso, basta colocá-los em lados diferentes do sinal de igualdade, invertendo o sinal dos valores que mudarem do 1º termo para o 2º termo ou vice-versa. Dessa forma, deve-se sempre isolar o X. Outra regrinha: quando não há sinal de pontuação antes dos sinais de associação ou de uma incógnita, a operação subentendida é a multiplicação.

Exemplo:

x + 2 = 8 + 4

x = 8 + 4 – 2

x = 10

Exemplo:

10–(8x – 2) = 5x+2(– 4x + 1)

10–8x+2 = 5x–8x+2

–8x–5x+8x = +2–10–2

–5x = –10

x = –10/–5

x = 2

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Edição: Angelo Matilha Cherubini