O pronome pessoal representa as pessoas do discurso: entenda os tipos!

Pronomes pessoais são pronomes substantivos, que representam as pessoas do discurso. São divididos em pronome pessoal reto, do caso oblíquo e de tratamento.

None
FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/11/2016 às 12:00
Atualizado às 18:45

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O pronome pessoal é um pronome substantivo que representa a pessoa do discurso.

São subdivididos em:

a) Pronome pessoal reto 

Desempenha o papel de sujeito de uma oração.

Veja as formas:

  • Eu – primeira pessoa do singular;
  • Tu – segunda pessoa do singular;
  • Ele ou ela – terceira pessoa do singular;
  • Nós – primeira pessoa do plural;
  • Vós – segunda pessoa do plural;
  • Eles ou elas – terceira pessoa do plural.

b) Pronome pessoal do caso oblíquo

Desempenha a função de complemento verbal.

São eles:

  • Me, mim, comigo – primeira pessoa do singular;
  • Te, ti contigo – segunda pessoa do singular;
  • Se, si, consigo, o, a, lhe – terceira pessoa do singular;
  • Nos, conosco – primeira pessoa do plural;
  • Vos, convosco – segunda pessoa do plural;
  • Se, si, consigo, os, as, lhes – terceira pessoa do plural.      

Os pronomes oblíquos podem ser átonos (me, te, se, lhe, nos, vos, o, a, os, as) ou tônicos (mim, ti, si).

c) Pronomes de tratamento

Referem-se à pessoa com quem se fala (segunda pessoa), mas a concordância deve ser feita com a terceira pessoa.

Exemplos:

  • Vossa Alteza = referente a príncipes;
  • Vossa Majestade = referente à reis, rainhas, imperadores e imperatrizes.
caderno, caneta, escrever pronome pessoal

FOTO: iStock.com/Getty Images

Como empregar os pronomes pessoais?

Os pronomes oblíquos “o”, “a”, “os”, “as”, quando utilizados depois de verbos que terminam em “r”, “s”, “z”, assumem as formas “lo”, “la”,“los”, “las”.

• Esses mesmos pronomes precedidos de verbos terminados em “-m”, “-ão”, “õe”, assumem as formas “no”, “na”, “nos”, “nas”.

“Você” (s), apesar de ser um pronome de tratamento, assumiu as características de pronome pessoal no português moderno. Portanto, assumiu as regras de pronome de segunda pessoa, substituindo o “tu” e o “vós”. Mas ainda concorda com a terceira pessoa.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Edição: Angelo Matilha Cherubini