Professora se disfarça de faxineira para dar uma lição incrível

Edenise Guedes, professora de uma universidade pública em Pernambuco, se disfarçou de faxineira para dar uma grande lição de filosofia

None
Reprodução/Acervo Pessoal

por Redação Alto Astral
Publicado em 05/07/2016 às 15:09
Atualizado às 13:25

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No Instituto Federal do Sertão Pernambucano, uma universidade pública na zona rural de Petrolina, em Pernambuco, uma professora inventou uma maneira totalmente diferente de dar uma lição de filosofia a seus alunos.

Professora de filosofia

Reprodução/Acervo Pessoal

Edenise Guedes, professora de Filosofia, decidiu se disfarçar de faxineira para testar a reação de seus alunos em sala de aula. No primeiro dia de aula dos universitários, ela tranquilamente limpava a sala, enquanto os alunos aguardavam impacientes a professora que já estava vinte minutos atrasada.

Os estudantes começam a reclamar do atraso, quando a faxineira se interessa e pergunta qual era aquela aula. Depois de responderem, ela indaga: “o que é filosofia?”. Alguns ficam irritados e respondem “uma coisa que inventaram para reprovar estudantes”.

Professora de filosofia

Reprodução/Youtube

O que os alunos não sabiam é que a faxineira era a própria professora de quem falavam. Assim que a identidade secreta dela é desvendada, ela começa a dar uma lição valiosa sobre aquele acontecimento.

“Aqui na instituição, a equipe de limpeza é maravilhosa, mas os alunos passam, esbarram e nem veem. Chamei a atenção para isso. Nas aulas, a gente trabalha os temas de ética. Quando eu me proponho a trazer um tema para os alunos, tenho a preocupação de que eles se apaixonem pela disciplina. Para mim, todo mundo nasce filósofo. E de repente, a gente para de agir assim. Em sala de aula quero rever isso e fazer com que os alunos voltem a questionar tudo”, explica Edenise.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.