ENTRETENIMENTO

Conheça a história de Pedro Alonzo Lopez, o monstro dos Andes

O apelido que ficou foi o de monstro dos Andes, mas não seria absurdo classificar Pedro Alonzo Lopes como o mais temível serial killer da história moderna

None
Foto: Reprodução

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/11/2016 às 06:00
Atualizado às 15:21

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O apelido que ficou foi o de monstro dos Andes, mas não seria absurdo classificar Pedro Alonzo Lopes como o mais temível serial killer da história moderna.

O monstro dos Andes em sua cela

Foto: Reprodução

O destino de Pedro Alonzo Lopes parecia fadado à crueldade desde cedo: com oito anos de idade, foi expulso de casa por sua mãe depois de ter abusado sexualmente de sua irmã. Sozinho, acabou acolhido por um pedófilo que o estuprava seguidas vezes, conforme o próprio Lopes confessou durante seu julgamento. “Eu decidi fazer o mesmo com o máximo de meninas possíveis”, justificou-se.

Assim, espalhou terror não somente pela Colômbia, mas também no Peru e no Equador – fato que lhe rendeu a famosa e temida alcunha. Seus alvos restringiam-se a meninas de nove a 12 anos. Ele enganava suas vítimas prometendo-lhes presentes e, posteriormente, levava-as a lugares onde as covas já estavam preparadas. Após o estupro, vinha o estrangulamento.

Seus crimes vieram à tona quando um rio transbordou e revelou alguns dos corpos por ele sepultados. O monstro dos Andes foi descoberto, capturado e acabou confessando mais de 300 assassinatos. Por incrível que pareça, pegou apenas 20 anos de prisão, e desde 1998, quando foi liberto, nunca mais foi visto.

VEJA TAMBÉM