Padre Marcelo Rossi: a fase mais difícil de sua vida

A fase mais difícil da carreira de Padre Marcelo Rossi incluiu uma recuperação de acidente na esteira e um inchaço no peso

None
FOTO: Celso Akin/AgNews

por Redação Alto Astral
Publicado em 17/11/2016 às 19:01
Atualizado às 18:39

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quem acompanhou a ascensão impressionante de Padre Marcelo Rossi jamais poderia imaginar que um padre de tanta fama e prestígio fosse sofrer com sérios transtornos psicológicos. Na verdade, tudo começou com um acidente bem sério, que culminou em problemas físicos e numa depressão que tirou a vontade de viver de um dos homens mais respeitados da Igreja Católica no Brasil.

Padre Marcelo Rossi: a fase mais difícil de sua vida

FOTO: Celso Akin/AgNews

Padre Marcelo Rossi: a fase mais difícil de sua vida

Depois de sofrer um acidente com uma esteira, Padre Marcelo precisou ficar um ano sem praticar exercícios físicos. Para piorar, no período em que ficou cadeirante e durante sua recuperação, precisou tomar anti-inflamatórios.

De acordo com o próprio sacerdote, o problema foi a reação inesperada que esses comprimidos causaram, pois fizeram-no inchar. Assim, nessa época, o religioso chegou a alcançar impressionantes 128kg na balança.

E, para piorar a situação, durante os exames após o acidente com a sua perna, ele descobriu que sofria de uma doença degenerativa, a discopatia. Trata-se de um problema na cartilagem da coluna vertebral. Na época, sua médica creditou esse transtorno ao período em que o padre tinha uns 18 ou 19 anos, quando fazia muita musculação. Tudo porque foi durante essa época que ele fez consumo do único vício de sua vida: utilizou esteroides e anabolizantes, chegando até mesmo a consumir anabolizante de cavalo.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação – Edição: Victor Santos