Padre Marcelo Rossi já sofreu com anorexia e depressão. Entenda!

Durante um dos períodos mais difíceis de sua vida, Padre Marcelo Rossi enfrentou transtornos graves como anorexia e depressão

None
FOTO: Anderson Borde/AgNews

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/11/2016 às 19:06
Atualizado às 18:37

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Enfrentando percalços que incluíram um sério acidente doméstico, um inchaço em seu peso devido a anti-inflamatórios e a descoberta de um problema na coluna, Padre Marcelo Rossi acabou dando os primeiros sinais de que estava sofrendo de depressão. A doença fez com que o religioso perdesse a vontade de praticar atividades físicas.

Padre Marcelo Rossi já sofreu com anorexia e depressão. Entenda!

FOTO: Anderson Borde/AgNews

Padre Marcelo: depressão que virou anorexia

Para tentar contornar o ganho de peso, ele encarou uma dieta maluca: por seis meses o sacerdote ficou se alimentando apenas de alface e hambúrguer. O próprio padre, posteriormente, admitiu que exagerou ao engordar e perder tanto peso logo em seguida – para se ter uma ideia, ele atingiu inacreditáveis 60kg, metade do que pesava em sua fase de inchaço por conta dos anti-inflamatórios. Ainda que não tenha procurado nenhuma ajuda profissional, ele próprio diz que se “autodiagnosticou” com anorexia.

Sua falta de pique para as coisas só aumentava, e a percepção que o sacerdote tinha era de que fazia suas atividades simplesmente por obrigação. Então, ao tirar férias, ele definitivamente notou que, apesar de honrar todos os seus compromissos com os fiéis e a igreja, fazia tudo isso sem a alegria de viver. Eram sinais claríssimos de depressão.

Foi, provavelmente, a fase mais difícil da vida de Padre Marcelo Rossi. Em entrevistas, ele descreve a assustadora perda de ânimo para realizar as suas atividades do cotidiano, a sensação de vazio ao acordar de madrugada, além da pior de todas as sensações: os pensamentos autodestrutivos. Inclusive, o sacerdote revelou, posteriormente, que seu avô cometeu suicídio. E, no auge do seu quadro de depressão, ele afirma que chegou a pensar nisso também, questionando a Deus se ele havia herdado as mesmas tendências suicidas do avô.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação – Edição: Victor Santos