Padre Marcelo Rossi: o acidente doméstico que mudou sua vida

Um sério acidente doméstico causou muitos problemas ao Padre Marcelo Rossi e quase paralisou sua carreira definitivamente

None
FOTO: CTR Photos / Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/11/2016 às 18:58
Atualizado às 18:40

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No finalzinho dos anos 1990 e início dos anos 2000, os brasileiros testemunharam o aparecimento de um padre extremamente carismático,  um fenômeno que levou a Igreja Católica a um patamar de sucesso nunca  antes visto. Era impossível não conhecer o refrão Erguei as mãos / e dai Glória a Deus – ainda mais porque Padre Marcelo Rossi era presença obrigatória nos programas dominicais e de auditório na tevê aberta. Porém, um acidente doméstico em 2010 tirou boa parte das suas  energias. Entenda o que aconteceu.

Padre Marcelo Rossi: o acidente doméstico que mudou sua vida

FOTO: CTR Photos / Shutterstock.com

Um acidente doméstico sério com Padre Marcelo Rossi

Formado em Educação Física, Padre Marcelo sempre adorou praticar esportes. Mas, desde que sua fama aumentou, ele evita as atividades  físicas ao ar livre, pelo fato de ser reconhecido. Por isso, passou a andar  na esteira com frequência – inclusive, ele já declarou em entrevistas que  a esteira é a sua válvula de escape, que funciona para não se deixar  envolver demais com os problemas que ouve nas confissões de seus fiéis.  Todos os dias, às 7h30 da manhã, ele gasta suas energias dessa forma.

Mas a sua ligação com o mundo dos esportes ainda vai além. O sacerdote  é um corintiano fanático – daqueles que vibram e gritam a cada gol. Dá  para acreditar? E foi justamente durante um jogo emocionante do  Corinthians que Padre Marcelo sofreu um fatídico acidente enquanto se  exercitava.

O dia era 29 de abril de 2010. A partida, Flamengo X Corinthians, em  pleno Maracanã, num jogo válido pelas oitavas de final da Copa  Libertadores da América. Aos 21 minutos, Adriano cobrou um pênalti no  canto esquerdo. Gol do Flamengo, derrota do Timão.

O Padre assistia a essa partida caminhando na esteira, a 9 km/h. Após o  gol de Adriano pelo time carioca, ele gritou, inconformado: “Não!!!”.  Então, pisou em falso na esteira, desequilibrou-se e caiu longe. Sua perna  direita girou, deslocou e trincou inteirinha. Esse acidente o fez parar numa  cadeira de rodas. Começava o sofrimento.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação – Edição: Victor Santos