Lendas Urbanas: você conhece a história do pipoqueiro traficante?

Confira a história do pipoqueiro que, supostamente, vendia pipoca temperada com cocaína no lugar do sal para viciar criancinhas

None
A pipoca da saída da escola pode ter algo a mais que você não saiba. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 31/08/2016 às 18:42
Atualizado às 18:20

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Existem diversas lendas urbanas. Algumas, por conta da falta de provas, acabaram por sumirem sozinhas. Contudo, muitas outras tiveram grande repercussão, mesmo partindo de hipóteses igualmente malucas, e acabaram por influenciar a vida de quem não tinha nada a ver com o peixe. Ou tinha, pelo menos na lenda.

SAIBA MAIS

A loira do banheiro existe? Descubra!

Lendas urbanas: você tem medo de palhaços? Após essa história, deveria!

A maioria das escolas brasileiras tem sempre um bom e velho carrinho de pipoca no portão de saída. Afinal, é um atrativo desleal para a criançada que acaba de sair da aula bem na hora do almoço. Entretanto, teve gente que viu essa estratégia como oportunidade dos pipoqueiros ganharem dinheiro com algo bem mais nocivo do que a simples pipoca.

Pipoca surpresa

Uma história famosa contada por muita gente é a do pipoqueiro que, na tentativa de viciar as crianças como clientes, salgava a pipoca com cocaína ao invés de sal. A lenda não fazia muito sentido, já que o custo da droga seria muito alto comparado ao preço da pipoca a ser vendida. Mesmo assim, muitas mães proibiram seus filhos de comprarem pipoca em carrinhos pela rua, prejudicando os pobres (e inocentes) pipoqueiros.

pipoca, saquinho, vermelho, com bolinhas brancas

A pipoca da saída da escola pode ter algo a mais que você não saiba. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

Texto: Tamirys Seno Edição: João Paulo Fernandes

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.