O que aconteceu a Judas Tadeu após a morte de Cristo? Confira!

Dentre as muitas dúvidas que permeiam a trajetória de Judas Tadeu, a causa de sua morte é também um aspecto misterioso de sua história

None
Judas Tadeu é um dos apóstolos sobre o qual mais existem dúvidas, tanto em relação à sua vida quanto à sua morte. FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/10/2016 às 16:22
Atualizado às 18:47

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Judas Tadeu , assim como o outro Judas, o Iscariotes, traidor de Cristo (sim, são pessoas diferentes!), foi chamado por Jesus para ser um de seus doze discípulos. Apesar do nome igual, os dois discípulos têm uma diferença importante, pelo menos dentro dos relatos bíblicos: ao contrário de Iscariotes, a causa da morte de Tadeu ainda deixa dúvidas.

Judas Tadeu, apóstolo de Jesus, machado

Judas Tadeu é um dos apóstolos sobre o qual mais existem dúvidas, tanto em relação à sua vida quanto à sua morte. FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons

Machadadas e relíquias perdidas

Acredita-se que Judas Tadeu pregou o evangelho na Mesopotâmia, Arábia, Síria e Pérsia, onde foi martirizado com outro apóstolo – Simão, o zelote ou o cananita. Morreu por meio de machadadas provocadas por autoridades persas e pela multidão, que havia sido enfurecida por sacerdotes zoroastristas. Supõe-se que suas relíquias se encontram na Basílica de São Pedro em Roma. No entanto, não existem informações concretas sobre isso.

LEIA TAMBÉM

Texto: Érica Aguiar Edição: João Paulo Fernandes