ENTRETENIMENTO

História do Rock: Screamin’ Jay Hawkins, o cara que levou o teatro ao rock

Screamin’ Jay Hawkins é o pioneiro do “rock teatral”, bem como padrinho de estilos tenebrosos como o psychobilly, o shock rock ou "rock horror".

None
O pioneiro do rock teatral Screamin' Jay Hawkins

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/08/2016 às 13:17
Atualizado às 18:09

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Screamin’ Jay Hawkins é considerado como o primeiro a levar o teatro ao rock. É também o padrinho de estilos tenebrosos como o psychobilly, o shock rock ou seja lá o que for que misture teatro, horror e rock. E fez isso muito antes de qualquer outro artista do universo roqueiro, como Alice Cooper, por exemplo.

O pioneiro do rock teatral Screamin' Jay Hawkins

Foto: Reprodução

VEJA TAMBÉM

História do Rock: Little Richard, entre Deus e o diabo

História do Rock: o sucesso e a tragédia de Buddy Holly

Gene Vincent, a essência do rock anos 50

Eddie Cochran, símbolo dos anos dourados do rock and roll

Pioneiro do rock horror show

A sacada de Screamin’ Jay Hawkins em adicionar elementos do teatro de horror em suas performances (e na música também) pode ter nascido de sua paixão pela ópera. Mas a carreira erudita não deu certo e e ele partiu para o rhythm and blues.

Em suas apresentações ao vivo, Jay Hawkins usava roupas que mais tarde seriam incorporadas ao visual glam. Além disso, costumava aparecer saindo de um caixão e espalhava objetos de feitiçaria e voodoo pelo palco. Sem contar um crânio inseparável que ele chamava de Henry.

O grande sucesso de Screamin’ Jay Hawkins foi I Put a Spell On You. A música, gravada em 1956, deveria ser uma balada, mas durante as gravações Hawkins e sua banda ficaram totalmente bêbados e mudaram tudo. A faixa ganhou peso e um clima de loucura e pode ser considerada uma das mais inovadoras da década de 1950.

Outros registros clássicos do sinistro vocalista foram Little Demon, Hong Kong, Yellow Coat e Alligator Wine. Além da música, Hawkins se aventurou no cinema. Sua atuação mais famosa foi em Trem Mistério (1989), dirigido por Jim Jarmusch. Hawkins morreu no ano 2000, aos 71 anos, em Paris.

Álbuns essenciais

At Home with Screamin’ Jay Hawkins (1958)
What That Is! (1969)