ENTRETENIMENTO

História do Rock: Bill Haley & His Comets, incendiando os anos 50

Um dos primeiros sucessos mundiais do rock and roll nos anos 50 foi a incendiária Rock Around The Clock, gravada por Bill Haley & His Comets.

None
Foto: Reprodução

por Redação Alto Astral
Publicado em 22/08/2016 às 09:00
Atualizado às 18:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Um dos primeiros sucessos mundiais do rock and roll nos anos 50 foi a incendiária Rock Around The Clock. Irresistivelmente dançante e com um ritmo frenético, a canção foi gravada por Bill Haley & His Comets e até hoje é um dos símbolos daquela década. O sucesso de Bill Haley chegou ao Brasil, onde foi uma grande influência para a Jovem Guarda, já nos anos 60.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

VEJA TAMBÉM

História do Rock: o sucesso e a tragédia de Buddy Holly

Gene Vincent, a essência do rock anos 50

Eddie Cochran, símbolo dos anos dourados do rock and roll

História do Rock: Johnny Cash, do country ao blues e à eternidade

Do country ao rock

William John Clifton Haley nasceu em 1925, começou a tocar violão aos 13 anos e aos 18 gravou seu primeiro disco, um compacto com a canção Candy Kisses. Era country puro, estilo ao qual se dedicaria até pelo menos 1952, quando tinha uma banda chamada The Saddlemen e resolveram mudar o nome para Bill Haley & His Comets, bem como adotar um estilo diferente, o rock’n’roll, que começava a ganhar vulto.

Em 1953, o novo grupo lançou o compacto Crazy Man, Crazy, considerado o primeiro a surgir nas paradas com a denominação rock’n’roll. Em 1954, Haley se consagrou com o hit Shake Rattle and Roll, um antigo clássico da música negra totalmente repaginado: sua letra foi amenizada (ficou menos sacana) e o ritmo acelerado, surpreendendo o público.

Mas, sem dúvida, seu maior sucesso foi Rock Around the Clock, com a qual atingiu o auge da carreira, porém, foi também seu último grande momento de inspiração. Daí por diante passou a repetir a fórmula e, já no início dos anos 60, era conhecido como “um senhor que tocava música de jovens”. Passou, então, a se apresentar para públicos menores e mais velhos, excursionando por mais de 20 anos com as mesmas canções. Morreu vítima de um ataque cardíaco em 1981, aos 55 anos.

Álbuns essenciais

Rock with Bill Haley and the Comets (1954)
Shake, Rattle and Roll (1955)
Rock ‘n’ Roll Stage Show (1956)